5 de jan de 2014

Conheça State of Decay

No ano passado, não lembro se foi no meio do ano ou um pouco depois, tive a oportunidade de conhecer e jogar um pouquinho o novo game de zumbi chamado State of Decay, até então disponível apenas para Xbox 360. Me falaram "baixei esse joguinho na live, joga aí pra ver o que você acha dele". Tipo, como se não fosse grande coisa. Talvez muitos tenham pensado assim, tendo em vista que esse é o primeiro jogo da desenvolvedora Undead Labs. E para a surpresa de muita gente, State of Decay é muito bom!


Não farei aqui uma crítica completa, pois comecei a jogar mesmo há apenas dois dias, já que só há poucos meses que o State of Decay saiu para PC. Por isso deixei no título desse post o "Conheça", pois não farei aqui uma avaliação completa do jogo, apenas direi pontos que achei legais do mesmo para que você se interesse e quem sabe comece a jogar.


O povo geralmente se liga primeiro no gráfico, pois então falarei dele. O gráfico é ótimo! Nada como um Dead Space da vida e tal, até porque o mapa dele é grande e rico em detalhes, mas os gráficos são satisfatórios. O brilho do sol, os personagens, as gramas, as árvores, tudo muito bem feito!

Outro ponto que considerei bem bacana é que você pode explorar quase tudo! Você entra em praticamente todas as casas, pega vários carros, explora várias áreas que você achava que não tinha nada mas sempre tem algo... É como se no GTA V tivesse como você entrar em todos os lugares. A diferença é que State of Decay se passa numa cidade do interior (cheio de fazendas e tal) e por você poder entrar em todos os lugares (e tudo ser muito detalhado), o mapa não pode ser tão grande como um GTA V da vida. Porém essa questão não estraga em nada a diversão. Há muitas coisas para se descobrir em State of Decay.


Mas Ninne, o que esse jogo é afinal das contas? É simples José (ou Maria): você é um sobrevivente de um apocalipse zumbi que se junta a outros sobreviventes para se protegerem e darem conta desse mundo cão. Você tem sua base (vulgo: casa que a galera invadiu e decidiram ficar escondidos e sobrevivendo) e todos ajudam em diversas coisas, como na busca por alimentos, medicamentos, munições e até materiais de construção pelas casas, indústrias, farmácia e mais um bando de lugares que existem geralmente nas cidades. Há as missões principais, que dão prosseguimento na história, e as missões paralelas, que servem para você juntar mais recursos, mais gente, ganhar mais experiência e influência. Sim, porque nesse jogo a influência é o "dinheiro". Quanto mais ajudar, mais influência você ganha e essa influência serve para que você possa andar bem armado e com bons medicamentos (além de outras coisas que irei descobrir...).

Você leu "ganhar experiência" mais acima, não leu? Sim, porque State of Decay também tem um sistema de ganhar experiência como em jogos de RPG! Você pode evoluir sua resistência a ataques, não cansar tanto, bater mais forte e por aí vai, além de poder se especializar em certos tipos de armas, como armas afiadas, rifles, entre várias outras.


É muito parecido mesmo com The Walking Dead. Até a trilha sonora e o clima (meio melancólico) as vezes ficam semelhantes. Você de fato se sente num apocalipse zumbi! É um desespero você entrar numa casa escura e ver no mapa que zumbis já estão rodeando o lugar. E quando você está a pé e um bando de zumbis estão passando pela rua? É um desespero! Até porque os zumbis desse jogo correm pra caramba e tem uns zumbis bem esquisitos que aparecem de vez em quando e dão um certo trabalho... (descubra isso jogando! xP)

Outra questão legal é que o jogo se passa em tempo real: se mostra que uma construção demorará 50 minutos para ficar pronta, não são 50 minutos do jogo e sim reais. Se você desliga o jogo, ele continua correndo e nesse tempo você pode perder mais influência ou alguém do grupo desaparecer (ou até mesmo morrer!). Por isso não é muito bom ficar muito tempo sem jogar. Ah sim, e outro detalhe bacana: o jogo só trabalha com autosave, se o seu personagem morre o jogo salva na hora e aquele personagem já era, nunca mais aparece. Aí você tem que jogar com um dos outros sobreviventes.


Para quem gosta de zumbis, survival horror, jogos com mapa aberto, rpg, muitos desafios e muita ação, dê um jeito de jogar State of Decay! No início parece que ele estava cheio de bugs, mas muitos já foram corrigidos por updates lançados pela desenvolvedora no ano passado. Claro, há ainda muitas coisas a serem melhoradas e um segundo jogo será certamente ainda melhor. No entanto State of Decay não deixou a desejar, conseguiu nota 7 no Gamespot, já vendeu um milhão de cópias e dizem até que superou The Walking Dead Survival Instincts (que foi muito esperado e que no final das contas definitivamente não caiu no gosto do público, conseguindo a baixíssima nota 4 no Gamespot).

Quando eu jogar mais, volto aqui com opiniões mais concretas a respeito desse jogo. Mas posso garantir que pelas poucas horas que joguei, já gostei muito dele! Vale a pena!

TRAILER


TUTORIAL PARA INICIANTES

Vale a pena assistir para ter uma noção melhor de como funciona o jogo xD

SITES


Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.