4 de nov de 2013

O Serviço de Entregas da Kiki (Majo no takkyûbin)

Título no Brasil: O Serviço de Entregas de Kiki
Título Original: Majo no takkyûbin
País de Origem: Japão
Gênero: Animação, Fantasia
Classificação etária: Livre
Tempo de Duração: 103 minutos
Ano de Lançamento: 1989
Direção: Hayao Miyazaki

Sinopse

Kiki fez 13 anos e, como segue a tradição, agora deve ir morar em uma cidade onde não more nenhuma outra bruxa. Lá, sobre uma vassoura voadora e com a ajuda de seu gato Jiji, monta um serviço de entregas.

Vai Lendo!

Essa é mais uma deliciosa animação dos estúdios Ghibli, dirigida, produzida e escrita por Hayao Miyazaki, baseada em um romance de mesmo nome por Eiko Kadono. Não é minha animação favorita do Miyazaki, mas também gostei muito! Como todos os seus filmes, O Serviço de Entregas da Kiki nos transporta para um outro mundo, cheio de magia, personagens gentis e aventuras super legais!
A temática não é tão infantil, como Meu Vizinho Totoro ou Ponyo, abordando a questão da passagem da infância para a vida adulta, me parece mais aproveitável para adolescentes e jovens adultos que podem absorver muito mais conteúdo e significados dessa obra.


Kiki, uma bruxinha de 13 anos, já não é mais uma criancinha. E de acordo com as tradições dos bruxos, a garota agora tem que se virar sozinha, encontrar uma cidade que não tenha nenhuma bruxa e descobrir uma maneira de se tornar a bruxa daquela cidade. A garota simplesmente pega a vassourinha,o gato Jiji e sai por aí pelo mundo! Certamente um aspecto bem discutido no Japão, já que lá desde pequenos os japoneses aprendem a serem muito mais independes, comparado a nós brasileiros. 

A jovem bruxa decide ficar na cidade portuária Koriko, passando por diversas dificuldades no começo. Mas logo encontra amigos e um lugar para ficar. Como ainda não é poderosa o suficiente, Kiki começa a trabalhar no serviço de entregas da sua anfitriã e passa a se estabelecer na cidade, travando novos conhecimentos e conhecendo os costumes locais.


Kiki logo passa por certos problemas adolescentes e também por estar num local totalmente novo e tudo isso pode fazê-la perder seus poderes. É aí que a garota, com a ajuda de uma amiga pintora e mais velha que ela, descobre que deve encontrar um novo propósito para sua vida e não deixar bloquear sua felicidade por determinados problemas. 

No geral, é uma animação muito bonita! Os cenários, os personagens, a mensagem do filme e a trilha sonora são uma graça. Disse que ele não é dos meus favoritos, pois comparando com Nausicaa, Castelo Animado e Monoke Hime, estes são sem dúvidas melhores. No entanto, O Serviço de Entregas da Kiki também agrada muito e é uma excelente animação!


Se você é acostumado a assistir apenas animações da Disney, recomendo que comece a assistir logo animações de outros países. As produções dos estúdios Ghibli é um ótimo começo! Não estou querendo dizer que as animações da Disney são ruins. Teve muitas que marcaram para sempre nossa infância! Mas são poucas que possuem significados fortes. Geralmente só as da Pixar, como Procurando NemoUp! e Wall-E. E não só pelas mensagens, mas também porque as animações da Ghibli são deliciosas de assistir e ajuda a aguçar MUITO nossa criatividade! 

Nota (0-9): 9

TRAILER


Musiquinha que toca quando Kiki vai para a cidade. Adoro essa música >.<

CURIOSIDADES

- Lançado em 22 de Julho de 1989, O Serviço de Entregas da kiki ganhou o prêmio Animige Anime Gradn Prix. 

- Foi o primeiro filme do Studio Ghibli lançado em parceria com a The Walt Disney Company.

- A Disney gravou a dublagem em inglês apenas em 1997

- Dizem que será lançado no ano que vem o Live Action do filme! Takashi Shimizu (O Grito) dirigirá a nova versão, com a skatista Fuka Koshiba, de 16 anos, como protagonista. Primeira foto oficial do live action:

Bem parecida. Deve ficar legal!

- No romance de  Eiko Kadono e ilustração de Akiko Hayashi, a Kiki tem o cabelo mais comprido. Na versão animada encurtaram o cabelo para ficar mais fácil para os animadores. Ilustração original:


- A dublagem em inglês da Disney contém diversas alterações descritas como pragmáticas. As mudanças foram aprovadas pelo Miyazaki e pelo Studio Ghibli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.