28 de mai de 2012

O Corvo (The Raven)

Título no Brasil: O Corvo
Título Original: The Raven
País de Origem: EUA
Gênero: Suspense
Tempo de Duração: 110 min. 
Ano de Lançamento: 2012
Estúdio/Distrib.: Relativity Media
Direção: James McTeigue

Elenco: John Cusack (Edgar Allan Poe); Alice Eve (Emily Hamilton); Oliver Jackson-Cohen (PC Cantrell); Luke Evans (Inspetor Emmett Fields); Brendan Gleeson (Capitão Hamilton); Kevin McNally (Maddux); Sam Hazeldine (Ivan); Pam Ferris (Mrs. Bradley). [+]


Sinopse: O escritor Edgar Allan Poe está na caça de um assassino serial que imita os crimes de seus contos e ainda sequestrou sua noiva Emily. Para ajudá-lo na investigação, o detetive Emmet assume o caso e pretende dar um fim aos terríveis assassinatos, que são seguidos de charadas criadas pelo criminoso que desafia a inteligência do autor num jogo de gato e rato.

Vai Lendo!

Qualquer um que se diz fã de terror reconhece esse nome: Edgar Allan Poe. Um romantista macabro que já abençoou o gênero com obras primas da literatura que, mais tarde, forma adaptadas para o cinema, rendendo ótimos clássicos do audiovisual. Um fato interessante foi sua estranha morte, cuja causa nunca foi apurada, e por ter sido encontrado em terrível estado, sozinho, nas ruas de Baltimore, nos Estados Unidos. Este filme dramatiza de forma fictícia os últimos do escritor em uma mórbida perseguição ao serial killer perturbado. Uma trama um tanto inteligente, repleta de referencias, recitações e mortes bárbaras. Esta é uma pequena apresentação sobre O Corvo, qual o título faz referência a um dos maiores poemas do escritor e é várias vezes mencionado no longa. O poema também sugere a morte de Poe, visto que sua composição retrata a morte como implacável.

"Só havia noite e nada mais."
Um fanático começa a sua ousada provocação ao seu simbolo de obsessão, Poe, que é o primeiro suspeito pelo crime (razões óbvias). Cussack encarna o personagem com maestria, um escritor com problemas de bebida e ultraromantico, bem caracterizado fisicamente e com uma pintada de cinismo. A estética visual empregada é bem interessante, tornando o cenário bem suspeito e macabro, perfeito para um suspense. O figurino foi bem confeccionado e o elenco bem escalado, além de Cusack, Alice Eve e Luke Evans atuam muito bem em seus papeis. A equipe de maquiagem também tem mérito, o enfraquecimento fatal da personagem de Alice é bem convincente, e os efeitos um pouco menos, a cena do pendulo ficou muito na cara, mas valeu.

Cusack como Edgar.
O roteiro é muito bom, mas desagrada no final. O desfecho poderia ter ficado a altura do longa, mas acabou sendo o ponto fraco de O Corvo. Muito decepcionante, pois a dinâmica do longa é muito boa mesmo, foram quase duas horas que não se sente passarem, além de razoavelmente inteligente e bem escrito, misterioso e empolgante na medida certa. Não é difícil identificar a identidade do assassino em série, pelo menos, não antes do filme entrar nos momentos finais. Porém, no restante, um filme vibrante e bem empolgante, com uma trilha sonora bem composta e tiradas inteligentes. Um bom suspense, se é que me entendem, e que merece algum destaque. É fácil de acompanhar e divertido, como o esperado de James McTeigue.

The Masque of the Red Death
Quem tiver a chance de assisti-lo, assista. Muito bom. Não chega a ser brilhante, mas é bem melhor do que muitos filmes de terror que tem estreado ultimamente. Um dos poucos títulos do gênero terror/suspense que podem ser listados como "filmes marcantes de 2012", pois a ideia de transformar o famoso Edgar Allan Poe num anti herói apaixonado e desesperado, adicioná-lo a uma trama policial macabra e um roteiro bem próximo do possível. Pessoalmente, adicionarei este longa a minha coleção de filmes, pois gostei bastante. Muito bem feito, só o final que é um pouco forçado, mas muito bom. Vale a penas ser assistido e revisto. Inteligente e com uma boa dinâmica, não é um O Silêncio dos Inocentes, mas agrada.

Nota (0-10): 9

Trailer

Um comentário:

  1. Valeu pela crítica Dimarte. Achei exatamente isso do filme, é bem empolgante, com boas atuações (Gosto muito do Cusack, é um ator bastante flexível, consegue se adaptar a vários tipos de papéis e atua bem no gênero de suspense!)e excelente se vc leu as obras de Poe e consegue captar as referências. Só o final foi meio desapontador msm, mas não tira os demais méritos do filme!

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.