27 de abr de 2012

5 Músicas Inspiradas em Filmes de Terror - Rock


Olá novamente caros rockers do Vai Assistindo. Novamente o DiMarte trás mais uma postagem roqueira para você que só usa preto e enlouquece com um solo de guitarra! Lembram da postagem das 5 Melhores Músicas Temas de Filmes de Terror – Rock e seus apêndices? Pois é, dessa vez eu decidi mudar um pouco as coisas, e como está bem claro para você que sabe ler, dessa vez são as melhores músicas que tiveram sua composição baseadas em filmes de terror. Aliás, sentiram saudades do Jason guitarrista?

Ele sentiu a falta de vocês.
Mais uma vez o DiMarte convida você a aumentar o volume e curtir essa bela seleção. Ele logo avisa que não se preocupem com a diversidade da lista porque a prioridade foi qualidade, e depois o filme que originou a canção. Como sempre, DiMarte espera que apreciem esse refinado pódio e ocasione uma desordem pública capaz de abalar a harmonia domiciliar do habitante do imóvel próximo ao seu lar.

Vai Lendo!

1. The Wicker Man – Iron Maiden ( The Wicker Man, 1973) 

Baseada no clássico Cult que dá nome à música, The Wicker Man é um dos sucessos da banda inglesa Iron Maiden. O refrão “Your time Will come”, assim como o restante da letra fazem referência ao conteúdo de O Homem de Palha, principalmente sobre o final chocante. Iron Maiden é um dos melhores grupos musicais do gênero, seria sacrilégio não mencioná-los, mas depois de uma análise neutra, curiosamente acabaram ficando com o primeiro lugar.


2. The Number of the Beast – Iron Maiden (The Omen, 1976) 

Olha que coincidência! O segundo lugar também se é do Iron Maiden. Nada mais justo visto que The Number of the Beast é um dos hits mais conhecidos da banda e escrita quando um dos membros teve um pesadelo após assistir A Profecia. Tanto o filme quanto a canção são incrivelmente fantásticas, e caso você nunca tenha ouvido falar sobre esses dois é porque você provavelmente precisa sair mais. Antes de qualquer questionamento eu repito: o julgamento foi totalmente neutro.


3. Damien – Iced Earth (The Omen, 1976) 

Se você conhece Iced Earth, provavelmente você seja um verdadeiro metaleiro ou um verdadeiro nerd. A música faz referência à saga inteira, além de recitarem a profecia do filme na letra da música. Novamente, A Profecia aparece na lista, e isso era absolutamente normal de se esperar, afinal, já que o filme é realmente majestoso e marcante. A canção causa uma ideia de culto, e no fundo até que é, mas não uma adoração ao diabo, e sim uma adoração ao filme.


4. Return of the Fly – Misfits (Return of the Fly, 1959) 

Tudo bem, a música é uma divulgação descarada do filme O Monstro de Mil Olhos. A letra da música não tem muito conteúdo, mas já o ritmo... Sério, a letra da música não tem tanto conteúdo, resumindo-se a ditar parte do elenco e mencionar um ou outro personagem, com uma ou outra frase. Você deve estar se perguntando algo do tipo: Então por que o DiMarte colocou essa música na lista? Primeiro: você já a ouviu? Ela é bem sonora, superando a pouca criatividade.


5. Dawn of the Dead – Murderdolls (Dawn of the Dead, 1978) 

Tem gente que não gosta do Murderdolls, e sinceramente, nem eu sou muito fã deles, porém é espantoso a homenagem que eles fazem ao clássico de George Romero. A letra se segue como se os Zombies cantassem para as suas vítimas em sua marcha. Tenho que admitir que o trabalho foi bem feito e é até notável, e essa é a causa por qual o grupo Murderdolls esteja na lista, mesmo que no final dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.