14 de mar de 2012

Gyo

Título Original: Gyo
País de Origem: Japão
Gênero: Terror
Tempo de Duração: 70min
Ano de Lançamento: 2012
Estúdio/Distrib.: Ufotable
Direção: Takayuki Hirao

Sinopse: Um grupo de amigos estavam de férias em uma cabana perto da praia quando presencia um estranho fenômeno: Os peixes começaram a sair do mar e invadir a cidade de Okinawa . Agora cabe a Kaori ir atrás de seu noivo, Tadashi, que está em Tóquio, para socorre-lo e fugirem desse terrível caos. 









Como todos que bem me conhecem devem saber, eu sou uma adoradora de mangás de terror. Eu leio todo mangá obscuro e nojento que estiver escondido nos confins do Japão. 
Eu tenho um gosto bastante controverso para esse tipo de mangá e os que eu mais gosto são os que misturam o suspense de uma boa história, o guro e quem sabe, o ero guro (termos usados no Japão para mangás com o gênero de "gore" ou "erotic gore"). E um autor desse gênero de mangás que eu gosto muito é o Junji Ito, o famoso criador de histórias nojentas e nonsense que ficou famoso após lançar sua terceira obra, Uzumaki

Gyo compõe dois volumes compilados, tendo sido publicado originalmente na revista Seinen Big Comic Spirits entre 2001 e 2002. 

Bem, para irmos direto ao assunto, não estou aqui para falar sobre os mangás de Junji Ito mas sim do novo OVA que saiu esse ano. Ele ainda não foi lançado no Brasil e ainda nem saiu sua versão em DVD, mas está disponível numa qualidade baixa pelo Youtube. 
Para ser bem direta na história, Gyo conta basicamente sobre uma invasão de peixes e outros animais marinhos no Japão. Parece ridículo contando assim, mas ao você ler a história, perceberá que não é tão tosco como deveria ser. 
Junji Ito tem uma habilidade tremenda de usar coisas idiotas e transformá-las num terror apocalíptico muito bom. Quem já viu Uzumaki sabe do que estou falando. 

Agora falando do OVA

O OVA foi anunciado em 2010 e dizia que iria sair logo em 2012. Primeiramente disseram que iria ser uma série. Mas mudaram para um OVA de 70 minutos. Isso gerou bastante empolgação nas pessoas que são fãs de Junji Ito. Principalmente em mim. Imagine, depois do desastre que fizeram com o filme de Uzumaki, não seria uma má ideia lançarem um anime bem produzido para uma obra tão boa quanto Gyo. 

Mas vou logo adiantando: Gyo foi a piada do ano!


Logo no começo podemos ver que o rumo da história nipônica ficou americanizada após mostrar um típico grupo de amigas indo passar as férias numa casa de verão. A personagem principal é Kaori, a namorada do dono da casa, na qual acompanhada de suas amigas.
No começo parecia tudo normal até que uma das gurias fala que algo não cheirava bem. E isso pode ser levado nos dois sentidos da frase. Realmente existia algo bastante fedido esperando por elas naquele dia. 

Primeiro que por algum motivo misterioso os roteiristas e produtores do OVA resolveram mudar totalmente a trama do mangá. Na real, temos a história base (a invasão de peixes no Japão) e alguns personagens. Tirando isso o resto é tudo novo e tosco. 

O que mudou que cagou a história toda: Podemos começar com a mudança de protagonista. No mangá, toda história gira em torno do casal, Tadashi e Kaori, os quais vivenciam o início da invasão enquanto estão de viagem em Okinawa. Já na versão animada, Kaori está em Okinawa com suas amigas após ter se graduado na faculdade, enquanto Tadashi trabalha em Tóquio. Existe aqui uma completa mudança de foco do manga sem que isso venha a trazer qualidade. Se a Kaori do mangá era uma personagem ciumenta, insegura, possessiva e com grande influência na história, neste OVA ela perde toda e qualquer personalidade para virar uma garota atrás do namorado perdido.
E além de tudo isso, americanizaram mais ainda a obra colocando uma amiga gordinha que sofre bullying da amiga popular. E pra piorar mais ainda, resolveram colocar nudez e sexo promíscuo no meio do filme!
Ai é pra acabar! 

Bom, vou terminar aqui com minha indignação ao OVA de um dos meus mangás favoritos. 


No fim das contas temos um OVA de 70 minutos sem nenhum personagem interessante ou que mereça alguma  atenção. Esse OVA é puro fanservice, com direito a peitos, sexo, mortes idiotas e até mesmo tentáculos no maior estilo ero guro e apertões no peito de Kaori. Sendo que isso nem existe no mangá! 

Em nenhum momento esse OVA conseguiu nos passar nojo, horror ou incômodo, coisa que no mangá você até imagina o fedor terrível. Além de ser mal desenhado, mal animado e com uma trilha sonora que nem dava para se perceber. 



Uma coisa que eu gostei bastante foram as animações em CG dos peixes e tubarões. Foram a melhor parte do filme! 
HISUAHSIUHASUIHIUS

Bom é isso pessoal, espero que tenham gostado! o/



12 comentários:

  1. Ficou com inveja do DiMarte por que ele postou um anime esses dias? A postagem dele era maior. kkkk Brincadeira, não leve a sério.

    Achei interessante, mas como esses animais marinhos invadem a terra? Não boto fé em OVAs, mas me o mangá me chamou atenção, com certeza irei procurar!

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Link...? Se for de download, nós não colocamos. O Vai Assistindo não é um blog para downloads.

      Excluir
    2. Não, do youtube.

      Excluir
  3. IUSHAIUHSAIUHSIU

    eu assisti esse ova ontem. Eu ia falar sobre o Another e acabei achando melhor falar desse aqui. Pq, o OVA é muito ruim e quero que o pessoal leia o mangá antes de assistir isso aqui.

    E procure mesmo é um dos melhores mangás de terror/guro que eu já li! Realmente vale a pena!

    Eu não entrei mtu em detalhes da história pra não spoilear nada. Mas os animais marinhos possuem umas pernas meio que mecânicas, e isso ajuda eles a andarem por ai!

    ResponderExcluir
  4. Virou moda anime agora? Duas postagens sobre em menos de 4 dias! Cadê os filmes com atores?

    ResponderExcluir
  5. Olá amiguinho, tdo jóia? Obrigada por comentar aqui no blog!

    Então, primeiro que o VA não é um blog apenas sobre filmes de terror. Fazemos críticas de animes, séries, HQs, mangás e livros tbm, sabia? Pois então, o blog busca alternar um pouco, pq é legal, não acha?

    Duas postagens de animes em menos de quatro dias foi coincidência, mas e daí? Sempre tem postagens de filmes. Que bom que teve sobre anime agora, não é mesmo!?

    Esses comentários anônimos, feitos em conjunto, poucos minutos após o outro...interessante, interessante... Obrigada por comentar, mais uma vez. xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. viu o site da certo pessoal ta com medo mesmo...

      Excluir
  6. ah eu não coloquei nada do youtube para o pessoal pq simplesmente não tem trailer. Como eu disse, o ova não saiu direito em nenhum lugar, esse ova foi na verdade uma versão vazada para a internet... então a única coisa que temos são vídeos de 5 minutos resumiundo o ova todo ou o filme inteiro.
    Se quiser é só procurar no google que aparece os links para você ver o filme todo em qualidade ruim.

    E para o cara ali que falou que animes viraram moda. Animes estão desde os anos 80 com a gente aqui no Brasil, e tá na hora de perder o preconceito com esse tipo de coisa, pq muitas vezes conseguimos ter histórias muito mais interessantes numa animação do que num filme com atores de verdade.

    E o anônimo ai tá gostando de comentar né. HSIUAHSIUHASIU

    ResponderExcluir
  7. Mangá sensacional. Recomendo as outras obras do mesmo mangaká.

    Otimo post.

    ResponderExcluir
  8. mto legal essa postagem

    não gosto mto de mangás mas eu me interessei por esse.

    ResponderExcluir
  9. Naum me ligo muito em Animes, mas a historia desse parece ser bem legal

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.