9 de mar de 2012

Deadman Wonderland (1ª Temporada)

Por aqui no Vai Assistindo já tivemos a presença do mangá Gantz (trazido pelo João do Caminhão) e os live actions de Death Note (por mim). Hoje o DiMarte tem a honra de apresentar um anime que ele assistiu recentemente e gostou muito, Deadman Wonderland. A temática não é exatamente de terror, porém é bem macabro e acredito que muitos irão apreciá-lo. Infelizmente, a primeira temporada se resume em apenas 12 capítulos e um OVA, mas tudo indica que o projeto terá continuidade.

Deadman Wonderland é originalmente um mangá escrito por Jinsei Kataoka, publicada pela Shonen Ace desde 2007, aqui no Brasil está disponível desde agosto de 2011 pela Panini. O anime é produzido pela Manglobe, exibida no Japão no período de abril a julho de 2011. Quem quiser assistir aqui no Brasil recomendo o site Anitube, o qual a leitora Maria Gabriela me indicou para que eu pudesse vê-lo. 




A História
Ambientado no ano de 2023, Ganta Igarashi é um garoto de 14 anos normal que tem sua vida destruída quando um misterioso homem de vermelho faz uma carnificina em sua classe, e sem razão aparente, permite que Ganta sobreviva e insere no peito do rapaz uma misteriosa pedra. O garoto é condenado a morte pelo crime o qual testemunhou, então é designado a uma prisão privada chamada Deadman Wonderland, onde os prisioneiros trabalham no parque presente para sobreviverem.

Deadman Wonderland é um lugar cruel, repleto de sádicos desde os internos até a direção. Ganta encontra a amigável e enigmática Shori, e durante um "acidente" o garoto descobre um estranho poder que fascina o promotor Tamaki. Logo o rapaz se vê obrigado a participar de um torneio ilegal oculto de vida e morte contra pessoas com habilidades parecidas , onde os derrotados sofrem terríveis punições ao terem partes de seus corpos arrancados.

Abertura sensacional do anime.

Durante bom tempo, Ganta é um personagem chato, fica se lamentando muito e demora para entender como é a realidade brutal dentro da prisão. Há vários personagens insanos presentes, e não era de se esperar algo diferente de um ambiente tão caótico, todos tem segredos obscuros, mas nenhum supera o de Shiro, que de longe é o personagem mais bipolar de toda a trama, mesmo que a maior parte do tempo ela se apresente absurdamente infantil e inocente. Um ponto forte é a forma em que os poderes dos prisioneiros especiais (os deadmen) através da manipulação do próprio sangue, essa capacidade é chamada de Ramos do Pecado, e cada deadman tem uma técnica única. Algo que lembra muito o personagem Chrona, de Soul Eater.

O terrível Homem de Vermelho.
A origem dos Ramos do Pecado está associado a um evento misterioso que destruiu Tóquio a dez anos atrás (ao estilo Akira), que liberou alguns fragmentos chamados de "vermes sem nome", que são a fonte dos poderes dos deadmen. O que me faz lembrar de outro detalhe importante: Ganta e outros como ele precisam se ferir para conseguirem ter acesso às suas habilidades, o sangue precisa achar uma saída, e usá-las por muito tempo pode causar anemia e até ser fatal. No torneio cada deadman recebe um codinome, sempre relacionado a pássaros, e lutam numa "gaiola", o que representa a humilhação e o estado deles de animais de rinha.

Ninguém é santo em Deadman Wonderland.
Ao longo de sua sentença, Ganta encontra novos parceiros e pessoas como ele que tentam escapar do local. A razão dos prisioneiros serem forçados a ariscarem a vida é que eles recebem pequenas dosagens de veneno de uma coleira presa em seus pescoços, e para não morrerem precisam comer o antídoto em forma de doce (mas que é horrível). Para conseguirem o doce, eles precisam ter um certo número de "casts" - moeda interna de Deadman Wonderland -, que só se obtidas através de trabalho, competições mortais e, no caso dos deadmens, com vitórias no Festival dos Corpos.

Ganta e seu "Ganta Gun".
Como já disse, não se trata de um anime de terror, entretanto não deixa de ser violento e brutal ao ponto de não possuir várias características visíveis do gênero. No meu ponto de vista, Death Note continua sendo o melhor que já vi, porém Deadman Wonderland foi adicionado no meu top 10. A trama é fácil de acompanhar, e até um pouco previsível, eu não acompanho a mangá, mas pelo anime tenho certeza que já matei algumas charadas, como, por exemplo, quem é o Homem de Vermelho (que está até bem fácil ao meu ver). Apesar disso, é viciante, comecei assistir e acabei virando a noite vendo os poucos capítulos mais o OVA. A dinâmica é bem bacana, o visual é incrível, sem dúvidas vale a pena.

Shiro faz tudo parecer tão fácil...
Há vários flashbacks na história, para podermos conhecer melhor os personagens e tentar encaixar outras peças do quebra cabeças que não são tão fáceis quanto as outras. Vemos que Shiro e Ganta já se conheciam na infância, mesmo que o garoto não recordasse inicialmente, como alguns personagens distorcem os fatos e que Ganta não é o único injustiçado. Todos os deadmen estão no corredor da morte, todos eles são estudados para a compreensão dos Ramos do Pecado e dos Vermes sem Nome, porém Ganta é quem mais tem a atenção de Tamaki por ter sobrevivido ao Homem de Vermelho, que é, nas palavras do próprio promotor, "a encarnação do pecado".


Personagens Importantes:

Ganta Igarashi  (Pica Pau)
Ganta é um jovem de 14 anos que sofreu a maior tragédia de sua vida, além de ver todos seus amigos e colegas serem exterminados, é acusado e sentenciado pelo crime. Sua habilidade é lançar projéteis de sangue, poder que ainda não domina completamente. O rapaz tem sérias dificuldades em se adaptar em Deadman Wonderland, apesar de não ser o deadman mais forte, apresenta um grande potencial. Ganta quer provar a sua inocência e se vingar do Homem de Vermelho e do promotor Temaki, que armou a sua condenação.


Shiro
Shiro é uma garota albina que vive em Deadman Wonderland. Meiga, extrovertida, infantil e estranhamente resistente, Shiro possuí um passado enigmático e obscuro. Ela conhece o interior da prisão e utiliza várias passagens secretas para acessar setores secretos. Shiro tenta insistentemente proteger seu melhor amigo, Ganta, constantemente (o que as vezes o irrita), os dois se conheceram durante a infância e dessa época surgiu a amizade. A garota possuí um lado macabro que é pouco mostrado, o que pode ser um desvio de personalidade sério.


Yoh Takami
Yoh é um prisioneiro humano que inicialmente espiona Ganta para Tamaki, seu objetivo é encontrar a sua irmã e conseguir libertá-la de Deadman Wonderland. Yoh é um ladrão e um mentiroso de primeira, e não se preocupa com os demais para conseguir o que quer, mas logo se torna amigo de verdade de Ganta e passa a se envolver no mundo obscuro dos deadmen. Ele é inteligente e sorrateiro, quando traído por Tamaki passa a seguir Ganta e ajudá-lo após reencontrar sua irmã, que também é uma deadman.


Promotor Temaki
Encarregado pela Deadman Wonderland, sempre sorridente e cercado de brinquedos, Temaki é o responsável pelo Festival dos Corpos e por reunir vários deadmen para si. Por razões ainda não esclarecidas, possui contato com o Ministro da Defesa, e nada de bom é planejado por ele. Foi o advogado de defesa de Ganta, e sente um forte interesse pelo jovem e por outro prisioneiro singular. Temaki também sustente uma forte pesquisa sobre os deadmen e os Ramos do Pecado, por trás de argumentos ingênuos ele oculta seus verdadeiros planos.


Warden Makina
Makina é a chefe de segurança de Deadman Wonderland, é uma oficial de sangue frio e de técnicas nada ortodoxas. Após a chegada de Ganta, ela passa a desconfiar de Temaki após o jovem sobreviver ao "acidente" que adiantaria a sentença de morte. Com uma equipe leal, passa a investigar secretamente os planos do promotor em nome da segurança de Tóquio, mesmo que isso  no fechamento de Deadman Wonderland.


Senji Kyomassa (Corvo)
Senji é o primeiro deadman que Ganta conhece e que enfrenta, ele possui a capacidade de projetar lâminas altamente afiadas a partir de seus ferimentos. Senji já trabalhou como policial antes de ser preso, é um combatente habilidoso e respeitável, mas apresenta certo pudor em relação a mulheres. Senji tem o olho direito friamente arrancado por ter perdido para o novato, mas mesmo assim passa a ter uma afinidade com Ganta e passa a ajudá-lo a aprimorar suas habilidades. Senji é um dos poucos deadmen que não desejam fugir, pois julga o lugar um "paraíso".


Minatsuki Takami (Beija Flor)
Irmã de Yoh, Minatsuki inicialmente parece ser uma inocente garota com um passado triste e adoradora de flores, porém é na verdade uma deadman sádica e perturbada com sangue frio. Ela é realmente culpada pelo assassinato brutal de seu pai, e não pensa em fugir de Deadman Wonderland. Minatsuki tem a habilidade de criar chicotes fatais a partir da extensão de seu cabelo, tendo como fonte os furos em sua orelha. O relacionamento com seu irmão não é exemplar, sendo que já o utilizou como escudo humano uma vez.


Nagi Kegnamine (Coruja)
Líder da organização Scar Chain, um grupo de resistência composta por deadmen que tentam alcançar a liberdade e desmascarar a Deadman Wonderland. Temaki planejou uma luta a qual Nagi teria que enfrentar a própria esposa, também uma deadman, porém ele forjou sua derrota para que ela não sofresse a punição dos perdedores. Temaki percebeu a farsa, e além de ter suas cordas vocais arrancadas, teve sua mulher assassinada ainda grávida. Nagi é atencioso e gentil, entretanto é traído numa tentativa de fuga e acaba sofrendo uma tentativa de lavagem cerebral.


Kararo Koshio (Galo de Briga)
Segunda em comando da Scar Chain, e responsável pelo recrutamento de Ganta na equipe, Karako é otimista e está disposta a fazer sacrifícios em nome da liberdade. Sua habilidade é de formar um revestimento resistente sobre seu corpo, ela é forte e tem conhecimento de combate. Karako tem afeto por Nagi e tenta libertá-lo quando ele é capturado, também possui interesse em Ganta graças ao sucesso que o garoto teve no Festival dos Corpos.


Genkako Azuma
Auto intitulado de "Super Monge", Genkako lidera os Undertakers, um grupo de psicopatas incorrigíveis convertidos e designados a serem o "esquadrão de elite contra deadmen". Ele possui uma obsessão por Nagi, além de ter sido o responsável pela esposa do Coruja. Genkako possui um arsenal de guitarras modificadas em armas impressionantes, ele é um monge que sofreu abuso no monastério e surtou após uma catástrofe que destruiu o templo. O "Super Monge" é o undertaker mais temido dentro da Deadman Wonderland, tanto pelos deadmen quanto pelos oficias designados a auxiliá-lo.


Sobre o OVA
Para quem não está familiarizado com o termo, OVA (sigla para Original Video Animation e para Original Anime Video) é um curta metragem associado ao anime que não sofre censura, tem uma qualidade visual superior e que não possuem relevância significativa  com o enredo oficial. OVA's não são exibidos na televisão, mas estão presentes nos DVDs e Blu-rays da série.


"Você soa como eu."
No de Deadman Wonderland, é apresentado uma história vivida por Senji antes de ser preso. Antes de se tornar o Corvo, Senji era um policial iniciante e esquentado que é apaixonado por uma mulher que cuida de crianças abandonadas. Quando ele se mete com alguns membros de uma gangue chamada Goreless Peace, acaba chamando a atenção de seu líder, Ugachi Keigo, que também é um deadman (antes do termo ser inventado). Keigo convida Senji a entrar para a gangue, que rejeita a proposta, e então busca um argumento mais forte. Keigo extermina o abrigo das crianças e mata todos, o que impulsiona Senji a querer se vingar.

Divergências entre Anime e Mangá
Sei que disse não ter lido o mangá, mas como é de meu hábito, eu costumo fazer uma pesquisa para evitar cometer algum deslise com vocês, meus amados leitores que me odeiam. brincadeira.

No mangá, Kouzuji quebra o braço de Azami; no anime, Kouzuji quebra o braço de Yoh, porque Azami não existe no anime.

No mangá, Kouzuji não morre, mas é castigado por Makina, enquanto que, no anime, ele morre.

No mangá, Ganta é acusado de matar 21 colegas de classe; no anime, de matar 29.

- No mangá, existem mais duas personagens: Masaru "Chaplin" Sukegawa, um transexual, e Idaki Hitara, um velhote que ouve a voz da filha. No anime, estas personagens foram eliminadas, pois só são necessárias na saga dos Forgeries.

No mangá, Ganta assiste ao punimento de Senji com Minatsuki, Chaplin, Hitara e Masu; No anime, ele assiste o video sozinho, no seu quarto.

- No mangá, Senji ajuda Ganta durante o seu combate com Minatsuki, dando algum incentivo; No anime, Senji vê o combate no seu quarto.

- No mangá, a mãe de Minatsuki foge durante o terremoto, deixando Minatsuki para trás; No anime, a mãe de Minatsuki salva o vaso de flores, mas ignora Minatsuki.

- No mangá, Senji dá o nome de "Ganta Gun" ao ataque de Ganta durante o combate com Minatsuki; No anime, ele só dá esse nome depois do combate.


 No anime, quando Ganta vê Yoh sendo expulso do quarto de Minatsuki, ele está com  Senji que leva uma pancada na cabeça por Minatsuki tentar jogar um vaso em Ganta. Apesar do seu medo de garotas, Senji age muito normalmente. No mangá, Senji não está com Ganta.

Sobre o Autor
Jinsei Kataoka é o roteirista, ilustrador e cartunista conhecido pelo seu trabalho com Deadman Wonderland e Eureka Seven, ambos acompanhados com o ilustrador Kazuma Kondo. Eureka Seven, foi publicado de 2005 a 2006 lançando apenas 6 volumes e também foi adaptado para animação, sendo uma das obras mais famosas da dupla. Seu primeiro trabalho com mangá foi MONSTER?, de 1995, e atualmente está envolvido também como ilustrador da série Livingstone, iniciada em 2009. É muito difícil conseguir informações sobre ele, até mesmo nos sites japoneses, pois a pouco material disponível.

Mesmo desconsiderando a abertura tocada pela banda Fade, Deadman Wonderland tem vários atrativos, um dos poucos animes que conseguiram chamar minha atenção nesses últimos anos, e olha que não sou otaku, apenas vi um número razoável de animações japonesas que não vou listar para que eu não pareça um desocupado. Por fim, acho que não faz nenhum dano conhecer esse anime, ainda mais com uma temporada tão curta. Pessoalmente, me surpreendi, tem algumas coisas chatas, como o próprio Ganta, porém chama a atenção por si só.

Não dá para imaginar alguém como ela num lugar daquele, não no começo.
Estou falando mal do protagonista, porém é razoável a reação dele. Ser condenado por um crime bárbaro que não cometeu, ir para uma prisão brutal e hostil, ser forçado repentinamente a lutar pela própria vida, conhecer cada doido sádico... Verdade que a imaturidade dele chega a ser cansativa, porém é muita coisa para um mero garoto de 14 anos, então pode ser considerado pegar leve com ele nessa primeira temporada. Os personagens são bem desenvolvidos, mesmo os mais secundários possuem toda uma personalidade montada, sem contar que o ilustrador merece ser reconhecido. A técnica oriental de desenho é impressionante, mesmo que algumas mangás e animes não sejam boas, o traço não deixa de ser interessante.

Será que tem alguém preso por fazer download ilegal?
Falando novamente da entrada, eu acredito que a abertura faz a série, quem já chegou a ver Além da Imaginação deve concordar comigo, se não, tome Dexter como exemplo. O anime é relativamente novo, entretanto já vem atraindo adeptos e fãs, e não é em vão. Deadman Wonderland é mais voltado para o público masculino, mas não vejo que impeça que o público feminino não vá gostar, conheço muitas garotas que sabem mais de Dragon Ball do que eu. Acho esse tipo de classificação meio ineficaz e mal justificada, se o anime é bom vale ser assistido, independente de quem seja o espectador desde que a faixa etária bata com a censura. Eu arriscaria a dizer que seria para cima de 16 anos, porém Death Note (olha eu falando dele de novo) já foi censurado para maiores de 18, então não posso dizer que tenho certeza sobre esse assunto. E mesmo assim, sei que muitos nem vão se dar ao trabalho de levar a sério a classificação etária.

As aparências enganam, não dá para confiar nem numa garotinha.
A história pode até ser muito autoexplicativa, entretanto é bem escrita. A proposta é criativa, alguns artifícios comuns nesse tipo de animação são evitados, além de que proporciona uma ansiedade e curiosidade que acaba criando uma sensação de "quero mais", e doze episódios se mostram insuficientes para satisfazer essa vontade. Lamentavelmente não dá para entrar em mais detalhes sem fazer algum spoiler, afinal, com uma temporada tão curta não dá para falar muita coisa. Minha proposta inicial era falar sobre Death Note, mas creio que o título já é bem famoso por sua super reputação, por fim não me arrependo de trazer a vocês Deadman Wonderland, pois acredito que ele merece ser conhecido.

O amor fraterno é lindo... Not.
Tudo bem que não é o tipo de enredo em que é necessário pensar muito, se fosse assim não teria menor sentido. A visão de prisão aqui transcende a ideia de celas e abuso de poder, a violência é nítida, e o ambiente é insano, tornando Deadman Wonderland um inferno na Terra sob o disfarce de "país das maravilhas". Não deixa de ser absurdo um garoto de 14 anos ser condenado à morte, porém isso é só uma amostra das injustiças presentes no mundo. Há críticas sociais presentes e constantes, entre elas é o fato do público que visita o parque achar que as mortes ocorridas nas atrações não passam de encenação, quando na verdade são bem reais, e o pior, nem o pessoal dos direitos humanos suspeitam de algo. Até alguns comentários soltos possuem um peso, como exemplo, no primeiro dia de Ganta um prisioneiro chega nele e diz: "pior assassino é aquele que não parece ser". Essa fala é essencial quando Toto aparece pela primeira vez, mesmo sua participação ainda não ser ainda de grande importância, mas ele aparece na abertura, então pode-se esperar muito dele.

O nome pode ser tosco, mas eu não subestimaria o Toto.
Apesar da trama se centralizar em Ganta, é Shiro que chama mais atenção. Inicialmente ela parece ser o personagem mais deslocado da história, mas conforme as coisas progridem, revelações sobre ela não só geram teorias, mas como trazem ainda mais incógnitas sobre sua origem.  De fato Deadman Wonderland entrega uma informação e deixa mais dúvidas no ar, uma bela estratégia para criar ansiedade. Com isso também vem certo receio, pois enigmas demais em aberto podem resultar em finais frustrantes, não são todos os enredos que conseguem se manter bons deixando tudo claro, nem ocultando demais, isso vai exigir habilidade por parte do roteirista em equilibrar os recursos disponíveis.

Excesso de expectativa me mata.
Não há a necessidade de esperar grandes reviravoltas no enredo, afinal, são só doze episódios. Realmente, Deadman Wonderland não trás muitas surpresas, porém não deixa de surpreender. É pedir demais que haja vários eventos que mudem o rumo da história com uma temporada curta, se não acabaria parecendo mais uma novela sensacionalista do que uma série de animação. Lembrem-se de que Goku levou uma renca de episódios para derrotar o Freeza com o planeta Namekusei preste a explodir, e nem por isso ouço que Dragon Ball Z era chato. A dinâmica de Deadman Wonderland corresponde com a proposta, e até o momento deixa pouco a desejar, o ideal é que isso se mantenha até o desfecho da animação, e que não se torne uma série longa que parece não ter fim.

Sim, ela aparece repentinamente de lugares pouco esperados.
Uma das coisas que adoro é ironia e sarcasmo, quem me conhece pessoalmente sabe muito bem disso, então fico admirado que um lugar que é um inferno na Terra se chamar "Paraíso do Homem Morto" (ou "Terra das Maravilhas do Homem Morto", se preferir), e ainda por cima ser um parque de diversões. Esse conflito de realidades é um ponto forte da animação, pois mesmo acompanhando a "vida" dos prisioneiros a imagem simpática do exterior sempre fica em mente, sendo utilizada em vários momentos convenientes para expressar essa discrepância. O visual é bem expressivo, a prisão chega até parecer um personagem que ora conspira contra os detentos, ora alimenta suas esperanças de liberdade.

Dom para uns, maldição para outros.
Como o mangá ainda está em produção, então existe a possibilidade da série continuar. Não seria a primeira vez que um anime é interrompido por causa da mangá, a primeira adaptação de Full Metal Alchemist foi assim, e por sua vez acabou se distanciando da série impressa. depois tentaram consertar lançando Full Metal Alchemist Brotherhood, adiantou um pouco, porém já tinha deixado uma marca para trás. Espero que o mesmo não ocorra nesse.

Tudo parece lindo do lado de fora.
Voltando para Deadman Wonderland, acredito que não apenas os fãs assumidos de animações orientais irão gostar, não estou puxando o saco do anime, muito menos fui pago para falar bem dele (quem dera). Quando gosto de alguma coisa é pra valer, admito ser bem exigente em relação ao que assisto, e não é qualquer coisa que me prende tanto. Sei que alguns leitores me consideram de opinião duvidosa, e que muitos não concordam com muita coisa que digo, porém garanto que dessa vez não vão se arrepender. E quando eu digo que gostei mesmo, revelo a vocês que a música One Reason até se tornou o toque do meu celular, então acreditem, é sério. "DiMarte você tem problemas"! Sim, eu tenho. E muitos. Mais do que sou capaz de admitir.


Era uma bela guitarra, mortal, mas bela.
Então fica a dica. Quem se interessou recomendo que assista no final de semana, novamente agradeço a maravilhosa Maria Gabriela por me indicar o Anitube, que não é um site de download, você assiste os animes on line como se estivessem no youtube. Pode anotar aí, Anitube, pois o canal Animax foi extinto, apesar de que assistir anime dublado é zica, e dificilmente passaria lá. Deadman Wonderland é bem bacana, espero que gostem. Se já assistiram comentem sobre ele, se não gostou comenta também, se for me ofender pode usar o espaço dos comentários, eu não ligo, a opinião é sua, só não xinga a mãe porque ela não tem nada a ver com isso. Se quiser trocar receita de bolo pode por nos comentários também, só não deixe de comentar, pois assim você nos ajuda a ver o que estamos acertando e errando.

Deadman Wonderland, pode até não um anime de terror, mas é muito bom.

Nota (0-10): 9


Brinde: One Reason, do Fade, original.

18 comentários:

  1. Já que falou em OVA, recomendo muito o Hellsing. Anime fantástico e parece que já está perto do fim :3

    Otima postagem.

    ResponderExcluir
  2. Assisti como você me sugeriu, e realmente esse anime é muito foda. Deveriam lançar logo o restante, estou morto de vontade de ver! Porém, não vão colocar no meu de séries lá em cima? Acho q já deveria tá lá um tempão. =/

    E Di, passa seu e-mail para eu te passar como fazer uma receita de bolo de cenoura que minha vó faz que é uma delícia. kkkk

    ResponderExcluir
  3. Não sei o que é OVA é isso não ajudor

    ResponderExcluir
  4. Fala sobre Death Note (anime)!!!

    ResponderExcluir
  5. dizem que o anime do Deadman Wonderland está terrivelmente ruim...
    Eu li o mangá e achei meia boca a história.

    Parece que tá tendo uma onda de animações estragando as versões mangás. Dizem tbm que o Another está tendo partes sendo contadas antees do tempo, mas eu to acompanhando os dois e pra mim parece tudo no lugar... HIUSHAIUSHIUS

    Vou dar uma olhada nesse anime e ver se é bom mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Marciano... OVA é a sigla para Original Video Animation.
    Seria mais ou menos alguns filmes ou episódios especial que são lançados diretamente para DVD. Ai eles não vão para o cinema ou tv. Capiche

    ResponderExcluir
  7. Morte, o anime é bem legal, não acho que merecia 9,mas não dá para desconsiderar que é bom. Todo mundo pega no pé dos novos mangás/animes, porém assisti Deadman Wonderland e achei que tem futuro, basta não avacalharem.

    ResponderExcluir
  8. Vish, agora desanimei. Mas acho que merece uma chance,né?

    ResponderExcluir
  9. Morte, até concordo com você em alguns pontos. Mas mesmo não apreciando igualmente seu colega DiMarte, dessa vez ele tem razão. Deadman Wonderland é bacana mesmo não sendo uma adaptação fiel do mangá.

    ResponderExcluir
  10. "Lembrem-se de que Goku levou uma renca de episódios para derrotar o Freeza com o planeta Namekusei preste a explodir, e nem por isso ouço que Dragon Ball Z era chato." Falou e disse tudo!

    ResponderExcluir
  11. Também acho que deveriam falar sobre Death Note

    ResponderExcluir
  12. Assisti e não achei grande coisa, é apenas um anime mediano. Tudo bem, não é mediano, mas a nota foi um pouco alta não acha?

    ResponderExcluir
  13. Receita de CupCake serve? uhauhahauha Ótima postagem DiMarte,vê se aparece mais nos comentários, ok?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá colega, tudo bem?
      Eu até tento participar mais dos comentários, porém ando muito ocupado para ficar supervisionando todas as postagens minhas.
      Vou tentar ser mais presente, obrigado.

      Excluir
  14. "Anpan, anpan, anpan..." Essa Shiro é demais! Já tinha assistido Deadman Wonderland antes e sou fã, realmente vale a pena!

    ResponderExcluir
  15. carai, to assistindo e é muito bom! O clima é bem tenso.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.