22 de fev de 2012

O Chamado 2 ( The Ring 2 )

Título Original: The Ring Two
Ano: 2005
Origem: EUA
Duração: 111 minutos
Direção: Hideo Nakata
Roteiro: Kôji Suzuki, Hiroshi Takahashi

Produção: Laurie MacDonald, Walter F. Parkes, Mark Sourian
Estúdio: DreamWorks SKG
Distribuição: Dreamworks Pictures

Elenco: Naomi Watts, Simon Baker, David Dorfman, Elizabeth Perkins, Sissy Spacek, Emily VanCamp, Daveigh Chase, Shannon Cochran, Mary Joy, Amy Haffner, Kelly Overton, Mary Elizabeth Winstead, Stephen Holland, Kirk B.R. Woller, Ryan Merriman.

Sinopse

Seis meses após os eventos que aterrorizaram Rachel Keller (Naomi Watts) e seu filho Aidan (David Dorfman), os dois tentam deixar para trás as lembranças de Samara (Daveigh Chase) e sua fita de vídeo amaldiçoada. Rachel e Aidan se mudam de Seattle para a pequena comunidade litorânea de Astoria, no estado de Oregon, onde pretendem recomeçar a vida. Porém, após a ocorrência de um crime local que tem uma fita de vídeo envolvida, Samara retorna para reiniciar seu ciclo de mortes.

Vai Lendo!


O Chamado 2 (The Ring Two) obviamente é a continuação do O Chamado (The Ring) de 2002. O primeiro filme, um remake norte-americano do filme japonês Ringu, fez muito sucesso na época em que fora lançado. Alguns não gostaram, provavelmente por esperarem um típico filme de terror norte-americano (sim: monstros, tripa e sangue), mas The Ring caiu no gosto da maioria. Infelizmente nos anos seguintes surgiram muitas piadinhas em relação ao filme, o que fez com que muitos passassem a associá-lo com essas piadas e esquecessem da verdadeira trama.


De qualquer forma, apesar das piadinhas, adoro  O Chamado. Principalmente por ter me passado tanto medo sem ter os clichês básicos de filmes do gênero. Em 2004 lançaram O Grito e muita gente falou que era cópia do O Chamado. Ok, de fato tinha certos detalhes parecidos, mas o que o povo não entendia na época era que ambos os filmes eram baseados em terror oriental e ambos eram terror psicológico, duas características não tão conhecidas por nós ocidentais até então.


Depois desses dois remakes de filmes asiáticos,  e com o surgimento do filme Espíritos: A Morte Está Ao Seu Lado (Shutter, 2004) muita gente começou a entrar no "ritmo" dos filmes asiáticos (enquanto outros continuavam zuando porque não conseguiam entender as histórias), o que gerou uma enorme expectativa quando foi lançada a notícia da continuação do O Chamado.

Lembro de ter lido na época algumas críticas que diziam ser um dos melhores filmes de terror dos últimos tempos, que era absurdamente assustador e muito mais apavorante que O Chamado e O Grito. Quem disse isso é porque provavelmente não assistiu direito os remakes anteriores ou apenas seguiu a moda de filmes orientais e elogiou qualquer porcaria de remake que surgisse. Não que O Chamado 2 seja totalmente ruim e extremamente fraco, mas não chega aos pés, principalmente no quesito 'passar medo' do The Ring e The Grudge.


Ok, entendo que o estilo do O Chamado 2 já não era mais lá uma grande novidade quando foi lançado. Digo: fantasma rancoroso com cabelo na cara já estava meio manjado. Mas não foi só por isso que o filme não foi lá grandes coisas. The Ring Two tem alguns sustinhos sim, mas são fracos e são poucos. Ao contrário do primeiro que tem um forte clima de suspense e mistério, esse já não consegue nos envolver muito, parece que falta algo. Esse "algo' descobrimos, ao longo do filme, que é uma boa história, um roteiro mais interessante.


Se no primeiro filme toda pesquisa da Rachel nos deixa apreensivos, com vontade de descobrirmos logo o por quê de tudo o que está ocorrendo, neste a sensação é de "Iih, lá vai a Rachel de novo. Coitada, já não tem nada de melhor para fazer da vida...". Simplesmente não é muito interessante e a história acaba se tornando um pouco chata.

Samara Morgan no primeiro filme: assustadora.
Samara Morgan no segundo filme: sério que ninguém mais notou essa cara de bebê chorão?

A maioria dos efeitos especiais são bons, como na cena em que a Samara escala o poço (que não ficou super assustadora, mas ficou interessante), porém outros efeitos nos envergonham, como os rápidos flashs do rosto da Daveigh Chase (Samara no primeiro filme) que não é nada assustador e uma cena em que fizeram nossa adorável Samara totalmente em computação gráfica (o que ficou chato e extremamente artificial).


O ator David Dorfman (Aidan) continuou com uma ótima atuação como no primeiro filme e a atriz Naomi Watts (Rachel) apesar de não ter todo aquele destaque, também atua muto bem. Não é nada de super memorável, mas são boas atuações. Os demais atores também foram ótimos e me envergonho muito ao dizer que depois de assistir o filme umas três ou quatro vezes, apenas na última vez que assisti (há alguns dias) que fui notar a presença da Sissy Spacek. Sério, reconheço os rosto dela até que rápido (por ter traços diferentes), mas com aquele cabelo preto demorei para perceber (até porque não prestava tanto atenção na cena em que ela aparecia, pois nesse ponto já estava saturada do filme).

Como você pode concluir, O Chamado 2 não me agradou muito. Achei o primeiro muito melhor e sem dúvidas mais interessante. Se gostou do primeiro filme, recomendo que assista esse. Se não gostou, então nem vale a pena assistir.

Nota (0-10): 6,5

Trailer:


Curiosidades:

Hideo Nakata, diretor do Ringu, Ringu 2 e Dark Water, não dirigiu o primeiro filme da versão norte-americana (The Ring), mas dirigiu essa continuação.

• Trecho retirado na íntegra de um artigo que vi no Cine Pop: "No sétimo dia de filmagem, houve uma inundação no escritório de produção. Apesar de ter sido por causa de um cano rompido, o diretor requisitou uma cerimônia japonesa de purificação para evitar futuros problemas — mas coincidências estranhas continuaram acontecendo, como um enxame de milhares de abelhas que envolveu o departamento de cenário e sumiu tão rápido como chegou; um garrafão de 20 litros que estourou na cozinha do departamento de produção e uma manada de cervos que veio em direção de uma figurinista que chegava no estacionamento. Apesar de ser uma ocorrência comum na região, a semelhança com o ataque desses animais no filme foi surpreendente”.

• Na época em que o filme foi lançado, li em algum lugar que a Daveigh Chase (garota que interpretou a Samara Morgan no primeiro filme) estava grande demais e por isso utilizaram outra atriz. Se você notar, as cenas em que aparece o rosto da Samara são apenas flashs da atriz no primeiro filme e a Samara já "transformada" é bem diferente da que vimos no filme anterior (como mostrei numa imagem mais acima).

E prefiri a maquiagem do primeiro filme...

• Nos extras do DVD recomendo assistir Rings, que conta a história do garoto que aparece no início do filme tentando convencer uma menina a assistir o vídeo da Samara. Esse curta ficou bem legal e até achei um pouco mais interessante que o próprio filme.

9 comentários:

  1. Tem um bom tempo que vi o Chamado, e achei um filme absolutamente bobo! E não tem relação com não ter entendido a questão do terror psicológico oriental (e estes pervertidos fazem umas coisas bem interessantes quando querem sabe). Claro que o fato de eu não ser muito sucessível a terror psicológico muda muita coisa quando se vê um filme que pretende mostrar terror psicológico. Eu pretendo ainda ver o original, pois já me falaram da superioridade. Nesta linha e nos já citados ai, ambos o Grito e Espíritos são muito superiores e mais interessantes que o Chamado.

    Bom, não creio que vá ver o segundo, se no primeiro já dava aquela sensação de "por que ninguém enfia o pé mesta guria idiota quando ela está saindo da tv". No segundo, com esta guria com cara de bebê chorão, não vai rolar mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assisti o Ringu tbm...achei tão bom quanto O Chamado, sendo que considerei O Chamado um pouco mais assustador. Mas isso fica para a postagem sobre o Ringu que ainda pretendo fazer =P

      Interessante vc não gostar do O Chamado, mas gostar do O Grito. É comum ver o contrário.

      Muito obrigada por acompanhar e comentar aqui no blog!

      Excluir
  2. É otimo te ver de novo na ativa Ninne !

    Particularmente eu considero O Chamado como um dos melhores filmes de terror os quais já assisti, super tenso, com uma história que por si só já arrepia a espinha, literalmente a história o desenrolar do filme "Toca o terror no coração", os efeitos tambem são otimos e a Samara é a rainha dos fantasmas.

    Já a continuação eu detestei, em minha opinião deram uma continuidade forçada a história que estava otima da forma que havia terminado no primeiro, com um dos melhores finais que eu já havia visto. O segundo peca em varios momentos, mas o que realmente me irritou foi usar o Clichê maximo de fantasmas de crianças querendo uma nova mamãe...putz...sem comentários.

    O curioso foi ver a foto da Samara antes e depois, não é a toa que ela esta com essa cara de bebê chorão no ritmo de carnaval com a marchinha de "Mamãe eu quero mamar".

    Eu daria uma nota 5,0 a esse filme, mas como eu disse me decepcionei demais com a história, e isso me impede de julgar o filme como um todo. Portanto acho que sua nota esta bem de acordo.

    Um abraço Ninne, e não suma !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Leckard! Tentarei não sumir mais!
      Vê se não some tbm!

      Abraços e obrigada por comentar!

      Excluir
  3. Eu acho uma heresia dizer que O Chamado é melhor que Ringu...
    Me recuso a chamar a Sadako de Samara.

    ResponderExcluir
  4. É realmente muito estranho. Gostar do grito ao invés do chamado.... ñ estou querendo dizer que ogrito é 'ruim' ñ, mas tbm estou acostumado a ver o contrário mesmo o.O

    ResponderExcluir
  5. Mais por que voce não posta O FILME? Eu estou louca pra assistir (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, já avisamos várias vezes aqui no blog: o Vai Assistindo NÃO é um site para downloads. Por favor, preste mais atenção da próxima vez.

      Obrigada por visitar o blog!

      Excluir
  6. Achei ambos os filmes fracos 1 e 2,os originais são bem melhores tanto em clima qaunto historia,até preferi este segundo filme do que o original pois aqui ele não se limita a imitar uma obra tão boa quanto o original.Acho ambas as Samaras tanto do primeiro quanto a do segundo duas pentelhas de cara amarradas comparada a Sadako com aquele olho bem macabro.
    Pelo menos á crítica está construtiva e condizente com sua opinião.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.