4 de fev de 2012

Diário do Mortos (Diary of the Dead) - Crítica do Leitor!

Hoje encerramos o especial do George A. Romero, que foi lançado no dia 26 de Janeiro (aniversário de 3 anos do Vai Assistindo) e iniciou na segunda, dia 30 de Janeiro. Os leitores puderam enviar suas críticas sobre qualquer filme do Romero até o dia 01/02 (quarta-feira). Recebemos críticas, mas não muitas. Enfrentamos alguns problemas e com essa promoção pude notar onde o blog deve melhorar. Espero que mais leitores participem da próxima promoção! (ainda não temos data prevista)


Sem mais enrolações, vamos ao nome do vencedor!

A crítica que recebeu maior pontuação por nós, autores do Vai Assistindo, foi a enviada pelo leitor Salem! 

Parabéns Salem! Confira o twitter e o blog dele: @Salembr | Faça Bom Aproveito.


A disputa foi acirrada e a diferença entre o vencedor e o segundo colocado foi de pouquíssimos pontos. Agradeço muito aos que participaram da promoção! Não desistam, teremos mais promoções no decorrer deste ano e espero que participem novamente! Agradeço também aos que ajudaram a divulgar esse especial. Muita gente ajudou pra caramba na divulgação! *-*

Obrigada a todos e agora leiam a crítica vencedora: 


Título no Brasil: Diário dos Mortos 
Título Original: Diary of the Dead
País de Origem: EUA
Gênero: Terror
Classificação etária: 16 anos
Tempo de Duração: 95 minutos
Ano de Lançamento: 2007
Estúdio/Distrib.: Imagem Filmes
Direção: George A. Romero

Elenco: Michelle Morgan (Debra Moynihan), Joshua Close (Jason Creed), Shawn Roberts (Tony Ravello), Amy Ciupak Lalonde (Tracy Thurman), Joe Dinicol (Eliot Stone), Scott Wentworth (Andrew Maxwell), Philip Riccio (Ridley Wilmott), Chris Violette (Gordo Thorsen), Tatiana Maslany (Mary Dexter), Todd Schroeder (Brody), [+]

Sinopse 

Um grupo de estudantes resolve fazer um filme de terror numa floresta e quando menos esperam, são surpreendidos por notícias sobre o aparecimento de vários zumbis nas cidades. Pensando em criar algo real, os estudantes resolvem usar os mortos vivos no projeto, o que pode fazer com que o filme nem termine e não sobre ninguém vivo para contar a história.

Vai Lendo!

Romero é considerado o pai dos Zumbis e inspiração para tudo do gênero que surgiu depois. Isso não isenta Romero dos erros, e Diary of The Dead é sem dúvida um erro na carreira de acertos do diretor. Diário dos Mortos é o pior filme do estilo “documentário” que eu já assisti, e olha que eu já assisti Efeito Paranormal, e o maior problema é justamente a direção, mesmo o roteiro sendo falho, se ele fosse um pouco mais lapidado e recebesse a direção certa, Diary of the Dead teria sido um grande filme. 

A história é filmada em “primeira pessoa”, por um grupo de estudantes de cinema que estavam gravando um filme como Tese de Conclusão de Curso. Esse estilo de filmagem lançado no cinema com o clássico A Bruxa de Blair, e depois reproduzido por diversos outros filmes como Cloverfield, recentemente a série Efeito Paranormal, e ainda mais bem executado na série REC tem como princípio dar um ar de realidade para os acontecimentos. E é justamente veracidade que Diary of the Dead não consegue transmitir. 

O filme começa com uma jornalista se preparando para gravar uma notícia sobre uma família de imigrantes em que o marido deu um tiro na esposa e no filho e depois se matou com um tiro na cabeça. A atuação é plástica, não só a dessa repórter com seu câmera, como a atuação de todos os outros atores do filme. 

Enquanto a jornalista está reportando o acontecimento vemos, ao fundo, a mulher que estava supostamente morta se levantar e morder um dos paramédicos, em seguida o filho, que também estava supostamente morto, se levanta. Numa atitude bem lógica, policiais decidem meter bala nos cidadãos ao invés de averiguar o que de fato está acontecendo. 

Em seguida começa um monólogo da personagem Debra Moynihan explicando os acontecimentos e que tudo o que vamos assistir é um “documentário” verídico e o intuito dela é levar a verdade que a imprensa e o governo tentaram encobrir para a população mundial... e ela avisa que adicionou uma trilha sonora porque ela também quer dar um “susto” no espectador para ver se ele “acorda”... será que só falar que os mortos levantaram da tumba para comer os vivos não assusta o suficiente? 

E se é para mostrar a verdade, qual o motivo de tanta enrolação? O filme mostra todo uma sequência da gravação do filme e os bastidores... Todo mundo que trabalha com vídeo sabe como é conveniente ficar gravando muitos minutos de vídeo depois que a cena acabou já que isso facilita o trabalho na edição... não. O maior erro do filme é a falta de coerência na gravação do “documentário” em que vemos apenas um cara segurando uma câmera e gravando aleatoriamente ao invés de planejar a gravação de momentos que possam ser produtivos para “mostrar a verdade”.


"Nós fizemos um filme para mostrar a verdade”. Jura? 

Em determinado ponto do filme ouvimos que a situação está “um caos total”. Só se for na mente esquizofrênica dos personagens porque vemos que a infecção zumbi atingiu até Tóquio, mas em todo lugar que os personagens vão não há sinal algum de desordem e a meia dúzia de zumbis que aparece no filme não condiz com a população mundial que foi morta e revivida. O filme beira o absurdo quando as pessoas são atacadas e ninguém corre em auxílio porque está mais preocupado em gravar o amigo morrendo. A maquiagem não é ruim, mas também não é nada de incrível até devido ao pouco tempo de tela que os zumbis têm.

“E eu para falar frases de efeito” 

Diary of the Dead é um filme infeliz na filmografia de Romero. Um diretor que foi inspiração para tantos errou feio quando se inspirou nos outros para tentar se reinventar. 

Nota (0-10): 5 (pela sequência das câmeras de segurança da mansão no final que me lembrou o primeiro jogo Residente Evil) 

Trailer


Pequena observação: 

Por que, no filme, quando o sinal da internet fica fraco, o vídeo que eles estão assistindo pelo Youtube fica falho que nem imagem de televisão com antena de fio elétrico e Bombril? É uma característica da internet americana? Aqui em casa, quando o sinal da internet está fraco o vídeo demora pra carregar, mas não fica com uma imagem cheia de estática.


Críticas sobre filmes do Romero que já foram publicadas aqui no VA:

O Dia dos Mortos (por Coyote)
A Metade Negra (por Coyote)
Martin (por João do Caminhão)
Diário dos Mortos (por Ninne)
Terra dos Mortos (por DiMarte)
Comando Assassino (por João do Caminhão)

Espero que tenham gostado do especial! Um ótimo final de semana para todos!

3 comentários:

  1. Sou bonita pra caramba!

    Parabéns pra todos que participaram e pela equipe do VA que se empenhou para fazer esse especial e essa promoção.

    ResponderExcluir
  2. Ótima crítica, valeu a escolha do vencedor!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns ao Salem pela crítica !!!!

    Quero agradecer a todos os demais que participaram da promoção, realmente foi uma escolha dificil.

    Continuem participando e acompanhando o Vai Assistindo.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.