9 de jan de 2012

A Câmara dos Horrores do Dr Phibes (Dr Phibes Rises Again)

Título no Brasil: A Câmara dos Horrores do Dr Phibes
Título Original: Dr Phibes Rises Again
País de Origem: EUA
Gênero: Terror
Tempo de Duração: 88 min.
Ano de Lançamento: 1972
Estúdio/Distrib.: MGM
Direção: Robert Fuest 

Elenco: Vincent Price (Dr. Anton Phibes); Robert Quarry (Darrus Biederbeck); Valli Kemp (Vulnavia); Peter Jeffrey (Inspetor Trout);Fiona Lewis (Diana Trowbridge); Hugh Griffith (Harry Ambrose). [+]

Sinopse: Agora Dr. Phibes parte para o Egito buscando um rio perdido e oculto nas pirâmides (O Rio da Vida) onde supostamente se alcançava a imortalidade. Ele leva consigo sua esposa Victoria embalsamada, na esperança de ressuscitá-la e obter a vida eterna para os dois.

Vai Lendo!

A Câmara dos Horrores do Dr Phibes (que nome cumprido!), é mais um clássico trash, estrelado por Vincent Price (5 pontos já garantidos), sendo a sequência de O Abominável Dr Phibes. O primeiro é bem mais famoso, e claro, melhor, poe isso ganhou essa sequência em aproximadamente um ano . Entretanto, devo admitir que esta sequência é quase (eu disse quase) que independente da original, o que a torna bem interessante, já que é possível avaliá-lo sem considerar totalmente o anterior. São poucas as seequências que conseguem isso.


Hm... Pressinto expectativas.
Dr Phibes Rises Again é um Cult, só que dessa vez tende mais para um filme B, então apresenta certas peculiaridades um tanto questionáveis e até cômicas. A história é bem simples e corrida, com situações mais grotescas, mas continuam ainda não tão apelativas como se espera. É raro vermos filmes assim, ainda mais hoje em dia, pois é uma das provas de que terror não significa litros e quilos de tripas e sangue.


“Situações mais grotescas e continuam não apelativas? Não acredito.”
É uma obra respeitável, mesmo com seus diversos defeitos questionáveis. Quem não gosta desse gênero, não recomendo de jeito nenhum esse filme. Dr Phibes Rises Again não dá medo, não assusta (a nós, geração endurecida pelos anos 80), mas é um ótimo entretenimento para quem aprecia trashes. Parte do elenco é maravilhoso e admirável, e devo admitir que a nova Vulnavia é bem mais expressiva sem abrir a boca e mais competente que a anterior (e bela também).


Alguns filmes não são para o público geral.
Como já disse, o filme não é para qualquer um, não que seja um filme muito inteligente e culto, mas sim que é um filme que agrada mais um público mais específico (ou metido a besta como o DiMarte). Para os fãs de filmes B, de Vincent Price e de Cult, é mais do que recomendado. A Câmara dos Horrores do Dr Phibes possuí vários defeitos, mas não deixa de ser um bom filme para se apreciar.

Nota (0-10): 8

Trailer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.