19 de dez de 2011

Suspiria

Título: Suspiria
País de Origem: Itália
Gênero: Terror
Tempo de Duração: 98 min. 
Ano de Lançamento: 1977
Estúdio/Distrib.: Nouveaux Pictures
Direção: Dario Argento 

Elenco: Jessica Harper (Suzy Banyon); Stefania Casini (Sarah); Flavio Bucci (Daniel); Miguel Bosé (Mark); Joan Bennett (Madame Blanc); Alida Valli (Miss. Tanner); Barbara Magnolfi (Olga); Susanna Javicoli (Sonia); Eva Axén (Pat); Rudolf Schundler (Prof. Milius); Udo Kier (Dr. Frank Mandel). [+]

Sinopse: Suzan Banyon, uma jovem dançarina de ballet chega a uma prestigiada academia de dança na Europa onde conhece a misteriosa Madame Blance a Srta. Tanner. Mas, quando uma série de bizarros incidentes e crimes horríveis começam a acontecer na academia, Suzan tenta fugir e descobre que o local está tomado por uma horripilante força sobrenatural.

Vai Lendo!

Assinado pelo visionário diretor italiano Dario Argento, Suspiria é um filme de terror com uma boa trama e um visual ainda mais notável do que as bizarrices contidas no filme. Suspiria é um filme arte, onde o cenário, as cores, texturas e luzes constroem e comandam o desenvolvimento do suspense e do terror da obra. O roteiro é competente, pois mesmo não sendo altamente elaborado, utiliza de diversos artifícios para iludir, confundir e ocultar as principais informações sobre o desfecho. Não é necessário ser nenhum cinéfilo para apreciar o filme, visto que mesmo aqueles que não apreciem a trama ou a arte visual e sonora, podem acabar se surpreendendo com o grotesco presente no título.


Eu disse que havia coisas grotescas.
Depois de um parágrafo bonito de se ler, passarei a utilizar uma linguagem menos culta, se não se importar. Suspiria é realmente um filme esplêndido, sendo chocante e marcante em toda a sua estrutura e produção. Óbvio que amantes do cinema e fãs de terror mais cinéfilos olharam para esse título com uma perspectiva diferente, pois Argento utiliza os recursos disponíveis de forma criativa e impactante. Lógico que pelo fato da coloração ser por technicolor auxilia na produção de cores fortes e pesadas, porém o que importa é o efeito de impacto e imponente que proporciona no filme.


Mais um filme mostrando que o balé é perigoso.
Em um ponto de vista simplista, Suspiria pode parecer um trash. Entretanto, tal conceituação não é totalmente verdadeira porque, mesmo tendo algumas características de trash, o filme não se encaixa pelo simples fato de não ser uma produção de baixo orçamento, e muito menos mal feita. Suspiria se encaixa mais para um Cult em meu ponto de vista, além de que foge de alguns padrões cinematográficos estadunidenses e europeus, tornando-se pesado e repugnante em vários momentos. As atuações são muito boas e convincentes, por outro lado, alguns personagens possuem uma maquiagem exagerada, nada muito grave, porém impossível de não mencionar.


Olha quantas variações de vermelho.
A trilha sonora do filme também é bem boa e marcante, interpretada pela banda Globin, traz também uma boa tensão. Suspiria segue uma linha de cinema alternativo, tudo graças a Argento, que por muitos a ainda é considerado doido de pedra. Suspiria tem uma dinâmica que é bem intrigante e provocativa que prende a atenção do público com maestria, a temática do filme pode até parecer desgastada e clichê, porém a abordagem é bem diferente do esperado. Eu super recomendo que você, amado e querido leitor, assista a esse filme mesmo que não goste dessa linha de produção, pois é realmente bom.

Nota (0-10): 10

Trailer


Música tema do filme

7 comentários:

  1. Boa critica,só uma correção: Goblin é o nome da banda que compôs a trilha e não da trilha em si.

    ResponderExcluir
  2. Assisti esse filme a pouco tempo e o adorei, um dos melhoresfilmes que já vi, o que é uma pena pq estão produzindo um remake.

    ResponderExcluir
  3. Vou resumir este filme em 2 palavras... "Assustador e Lindo!"

    ResponderExcluir
  4. To ensaiando ver esse filme a um tempo já. Acho q vou criar coragem agora para baixar depois da sua indicação positiva. ;)

    ResponderExcluir
  5. Assisti ha um teqmpo, é tão significante que nem lembro mais...

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.