7 de nov de 2011

Escuridão (The Dark)

Título no Brasil: Escuridão
Título Original: The Dark
País de Origem: Reino Unido
Gênero: Terror
Tempo de Duração: 93 min.
Ano de Lançamento: 2005
Estúdio/Distrib.: Miramax Films 
Direção: John Fawcett 

Elenco: Sean Bean (James); Maria Bello (Adèlle); Richard Elfyn (Rowan); Maurice Roëves (Dafydd); Abigail Stone (Ebrill); Sophie Stuckey (Sarah). [+]

Sinopse: Como último recurso para recompor sua família, a nova-iorquina Adèlle viaja com a filha ao País de Gales para ver o ex-marido James e tentar a reconciliação nos arredores de uma velha fazenda no alto de um rochedo. Mas os piores pesadelos de Adèlle se tornam realidade quando, poucos dias depois da viagem, Sarah é tragicamente tragada pelo mar, arrastada às profundezas, apesar do esforço desesperado da mãe para salvá-la. Enquanto James conduz a busca pelo corpo de Sarah, Adèlle é tomada pela culpa e assombrada por visões e pistas da filha – quase como se Sarah tivesse sido capturada em algum lugar dentro da própria casa.

Vai Lendo!

Quando comecei assistir Escuridão, tive uma má expectativa, pois tinha tudo para ser mais um suspense fraco. Porém, com o desenvolver da trama, fiquei vidrado e maravilhado, já que se mostrava com um suspense de peso até o seu final brilhante, que fecha a trama como um terror muito bem feito e aproveitado. Esse processo fez com que me surpreendesse, pois é realmente é um bom filme. Podem confiar no DiMarte, ele aprova.


Se tiver paciência, verá que é bom.
Nos primeiros minutos, Escuridão não promete muito e é meio tedioso, tendendo mais para um drama familiar do que verdadeiramente um suspense. Na verdade, a trama progride com calma, se apegando a detalhes e aprofundando lentamente sobre os personagens, isso é bom porque também não nos prepara para todo o filme, e nem o que ele aguarda. Os atores são bons, em destaque a atriz Maria Bello e a atriz mirim Abigail Stone que contracenam a maioria das vezes.



Nunca confie em estranhos, principalmente se forem crianças.
O final não é só imprevisível, mas como também é brilhante. É um dos poucos filmes que são realmente bem desenvolvidos e que são mais chocantes do que horripilantes sem utilizar qualquer tipo de apelação convencional. Porém, nem tudo é tão perfeito, de certa forma, o filme é lento e um tanto dramático, o que pode não agradar muita gente, levando-os a julgar fraco ou mediano, ou apenas cansativo e muito sentimental.



Medonho, mas não assustador.
Escuridão aborda o tema fantasma de forma não tão convencional. Alguns momentos são até que previsíveis, admito, como parte do seu desfecho, porém, este não deixa de ser bem surpreendente e interessante, e para alguns possa chegar ao patamar de envolvente, mas sempre macabro em vários pontos. Vale assistir pelo menos uma vez, porque é bem criativo e possui um clima bem trágico.

Nota (0-10): 8

Trailer

3 comentários:

  1. Eu Vou Ver esse filme DiMarte, só pelas imagens ja aparenta ser muito bom

    ResponderExcluir
  2. Oi Pessoal eu li uma dica em um site ai de criticas onde eles não escolhiam os filmes que iam ver eles simplismente pegavam uma lista e sorteavam o filme que iriam ver

    ResponderExcluir
  3. Fui assistir esse filme no cinema porque me falaram que era parecido com o chamado.
    Com essa perspectiva, achei muito psicologicamente perturbante mas não gostei nem um pouco. Pensando bem, hoje, ele é um bom filme de terror, apesar de trágico.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.