21 de out de 2011

A Vila (The Village)

Título Original: The Village
País de Origem: EUA
Gênero: Suspense
Classificação etária: 14 anos
Tempo de Duração: 108 minutos
Ano de Lançamento: 2004
Estréia no Brasil: 03/09/2004
Estúdio/Distrib.: Buena Vista
Direção: M. Night Shyamalan

Elenco: Joaquin Phoenix, Bryce Dallas Howard, William Hurt, Sigourney Weaver, Adrien Brody, Judy Greer, Jayne Atkinson, Michael Pitt, Cherry Jones, Celia Weston, [+].

Sinopse: O filme conta a história de um pequeno vilarejo de Covington, com uma pequena população de pessoas, rodeada por uma floresta onde acredita-se haver critaturas horríveis habitando o lugar. Os dirigentes da cidade possuem uma política de restrição bem forte: todos são proibidos de adentrar a floresta. As coisas começam a mudar quando o jovem Lucius Hunt (Joaquin Phoenix) resolve sair da vila e conhecer a cidade. 

Vai Lendo!

Quem leu a postagem que fiz do filme Demônio (Devil), deve ter notado que são sou lá grande fã do Shyamalan. Gostei do Sexto Sentido, Corpo Fechado e não sou muito contra o filme Sinais. Porém Dama na ÁguaO Último Mestre do Ar e, principalmente, Fim dos Tempos, fizeram meu conceito pelo trabalho do Shyamalan ir lá pro esgoto. Só que mais uma vez, deixarei para "falar mal" do Shyamalan só na postagem do Fim dos Tempos, pois, apesar dos pesares, gostei do filme A Vila.  


A Vila é um suspense leve, muito interessante e bem feito. A fotografia do filme é muito bonita e as atuações são ótimas. Aliás, o filme conta com a participação de vários atores famosos, como Sigourney Weaver (Alien) e Adrien Brody (O Pianista). A história é legal e o final surpreende. E não adianta vir falar que já sabia de todo o final, porque não é um tipo de filme que tem um final previsível. Você pode até desconfiar, levantar hipóteses, mas acertar 100% o final desse filme, duvido que alguém de fato tenha conseguido.


O grande problema desse filme foi toda a propaganda realizada em torno dele. Divulgaram A Vila como se fosse um terrorzão, cheio de monstros devorando as pessoas, sangue para todos os lados e pedaços humanos em todos os cantos. Pelo trailer, qualquer um imagina se tratar de um terror violento, mais um filme sobre monstros, algo parecido com filmes de lobisomens. Mas A Vila não é nada disso. O filme é um suspense levíssimo e se você assisti-lo esperando um terrozão, vai se decepcionar muito, muito mesmo. Vai xingar o filme e ficar revoltado por ter gastado dinheiro alugando (ou tempo baixando). Se ainda não viu A Vila, espere um suspense bem tranquilo e uma história até inteligente. Caso já tenha visto e odiado, não fique assim, o trailer realmente enganou todo mundo. Dê mais uma chance pro filme, esqueça do terror e fique atento na história. Quem sabe você passa a gostar.


Com todo este "problema" em torno desse filme, podemos ao menos aprender uma lição: nem sempre confiar em trailers de filmes. Por exemplo: o trailer do filme Skyline é muito interessante. No entanto, todas as cenas interessantes do filme parecem terem sido inclusas no trailer, pois o filme como um todo é um lixo. O trailer do A Tale of Two Sisters também engana muito. Parece ser um terrorzão, quando na verdade o filme é um suspense leve. Mas também tem que ter um pouco de bom senso: muitos casais foram aos cinemas assistir A Orfã (Orphan) pensando se tratar de um drama sobre adoção. Pelo amor de Deus né? Assistir aquele trailer, ver uma garotinha com cara de malvada em todos os posters e sair achando que é drama, aí é falta de senso. Desde o início A Orfã foi divulgado como um suspense, não sei de onde tiraram que era drama. Então não confiem sempre no trailer. No caso do A Vila, nem leve o trailer em consideração.

Nota (0-10): 8,5

Trailer

E o que estragou esse filme? Sim, foi esse trailer. Não coloquei o trailer legendado pois não encontrei. Já questionaram algumas vezes aqui no VA sobre o porquê de não colocarmos vários trailers com legendas. Simples: muitas vezes não encontramos os trailers com legendas. Mas claro, se tiver um com legenda, iremos colocar.

Curiosidades

- O diretor e roteirista M. Night Shyamalan declarou que se inspirou em O Morro dos Ventos Uivantes, para criar a parte dramática de A Vila, e em King Kong, no sentido de ter uma comunidade com medo de criaturas predatórias (tá né, não acho que o filme tenha nada de Wuthering Heights ou King Kong, muitos até o comparam com o Mito da Caverna de Platão...mas se o diretor e roteirista dizem que se inspiraram nessas obras, fazer o quê...);

- Inicialmente o filme teria o título original "The Woods", que teve que ser abandonado devido a outro estúdio já ser dono do título;

- Este é o 2º filme em que o diretor M. Night Shyamalan e o ator Joaquin Phoenix trabalham juntos. O anterior fora Sinais (2002);

- A atriz Kirsten Dunst estava escalada para atuar em A Vila, mas desistiu da personagem para poder atuar em Tudo Acontece em Elizabethtown (2005);

- Bryce Dallas Howard foi escalada no lugar de Kirsten Dunst sem nem ao menos realizar um teste de cena;

- Este é o 1º de 2 filmes em que o diretor M. Night Shyamalan e a atriz Bryce Dallas Howard trabalham juntos. O posterior foi A Dama na Água (2006);

- Ashton Kutcher esteve cotado para atuar em A Vila;

2 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk eu ri, a Ninnie gastou mais da metade da critica falando do trailer do que do filme!

    ResponderExcluir
  2. hsuahsuahsua

    Não tem mto o que falar desse filme, se eu for contar a história, perde a graça. Tbm não é um filme difícil de compreender, então não precisava de explicações.

    O q mais chama atenção nesse filme é o trailer dele. Se vc procurar por aí só vai ver gente reclamando, falando que o filme é uma droga, pq viu o trailer e pensou que era terror. Acho que vale a pena falar mais sobre o trailer, já que ele gerou mais polêmica que o próprio filme.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.