6 de jul de 2011

Os Pássaros (The Birds)

Título no Brasil: Os Pássaros
Título Original: The Birds
País de Origem: EUA
Gênero: Suspense
Tempo de Duração: 119 min
Ano de Lançamento: 1963
Estúdio/Distrib.: Universal Pictures
Direção: Alfred Hitchcock 

Elenco: Tippi Hedren (Melanie Daniels); Suzanne Pleshette (Annie Hayworth); Rod Taylor (Mitch Brenner); Jessica Tandy (Lydia Brenner); Veronica Cartwright (Cathy Brenner); Elizabeth Wilson (Helen Carter).[+]

Sinopse: Melanie Daniels, uma jovem da cidade de São Francisco, vai até uma pequena cidade isolada da Califórnia chamada Bodega Bay, atrás de um potencial namorado: Mitch Brenner. Mas na cidade começa de repente a acontecer fatos estranhos: pássaros de todas as espécies passam a atacar a população, em número cada vez maior e com mais violência, deixando todos aterrorizados.

Vai Lendo!

Antes de tudo: Hitchcock é o cara. É impossível assistir algum filme dele e dizer que é ruim, pois ele é brilhante em todos os aspectos, não é à toa que recebe o título de “Mestre do Suspense”. Os Pássaros é o 11° filme da carreira de Alfred (olha a intimidade), sendo, também, uma das suas obras mais famosas. Neste filme nós temos o clássico casal romântico em uma situação estranha e perigosa, e acreditem, pássaros podem ser bem perigosos.

Tranque as portas, eles estão chegando.
Um dos fatores que tornam esse filme espetacular é o fato de que o ataque não possuí qualquer explicação, simplesmente acontece! Você fica livre para imaginar o que ocorreu e qual será o resultado no final, porque, de certa forma, seu desfecho é aberto a especulações. Os efeitos especiais não são os melhores, mas desempenham seu papel, as qualidades superam os defeitos desse filme.

Ainda acha pássaros inofensivos?
Não é nem necessário dizer que a trama é bem elaborada. Os Pássaros consegue ser invasivo e claustrofóbico, o segredo está no fato de não há causa aparente e tudo acontece repentinamente. Hitchcock conseguiu transformar um grupo de animais tão passíveis em um exército organizado, brutal e cruel.

“Look, a bird!”
As atuações são espetaculares, dignas dos personagens bem escritos e criados. Algumas cenas desse filme são marcantes, você jamais esquecerá aquelas centenas de aves pousadas juntas nos telhados, árvores e playgrounds. É a incrível habilidade de Hitchcock em transformar algo inocente em mortal personificada em grande escala.

Nota(0-10): 9,5

Trailer

Um comentário:

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.