4 de jul de 2011

A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça (Sleepy Hollow)

Título no Brasil: A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça
Título Original: Sleepy Hollow
País de Origem: EUA
Gênero: Terror
Tempo de Duração: 105 min.
Ano de Lançamento: 1999
Estúdio/Distrib.: Paramount Pictures
Direção: Tim Burton 

Elenco: Johnny Depp (Ichabod Crane); Christina Ricci (Katrina Van Tassel); Christopher Walken (Cavaleiro Hesseno); Miranda Richardson (Lady Van Tassel / Crone); Michael Gambon (Baltus Van Tassel); Casper Van Dien (Brom Van Brunt).[+]

Sinopse: Em 1799, uma série de crimes envolvendo inocentes acontece no pequeno vilarejo de Sleepy Hollow. Para investigar o caso é dado ao detetive nova-iorquino Ichabod Crane (Johnny Depp), um excêntrico e determinado oficial de polícia com um jeito avant-garde de solucionar crimes. Os métodos investigativos de Ichabod serão postos à prova neste caso, que envolve um ser sobrenatural que pode ser o causador de todos os crimes.

Vai Lendo!

Sleepy Hollow é um dos dois únicos filmes realmente classificados como terror do visionário diretor Tim Burton (o outro é Sweeney Todd). O filme é uma mistura perfeita de ceticismo e fantasia, o que mantém toda a trama em movimento. Com um roteiro bem escrito, personagens elaborados e ótimos atores, Sleepy Hollow é imperdível.

Sem cabeça, mas com estilo.
Sempre admirei a sombria visão de mundo de Burton, ainda mais sua criatividade, e nesse filme temos todo um trabalho cuidadoso de produção. O mistério é digno de qualquer policial, mesmo não sendo esse o foco central, cada personagem possui uma história própria, que justifica cada ação e reação deles, definido e explicando sua personalidade.

Tecnologia de ponta.
Sleepy Hollow é um show de efeitos visuais, com uma ambientação perfeita para a trama. A obra ainda possuí algumas críticas sociais sutis, o que o torna maduro e inteligente. Não devo reforçar que as atuações são impressionantes, nota-se a escolha cuidadosa do elenco, sem contar a presença do incrível Johnny Depp, o protegido e queridinho de Burton.

“Acredito que a causa da morte tenha sido decapitação.”
O filme é realmente fascinante, agradando até mesmo os que não apreciam o gênero, pois não é apelativo, repleto de clichês e limitado. Claro que existe os clichês na trama, mas nada que o menospreze. É um filme espetacular, capaz de migrar várias pessoas para o mundo dos filmes de terror.

Nota (0-10): 10

Trailer


Curiosidades

- O filme ganhou o Oscar de melhor figurino 
- Venceu nas categorias melhor atriz e melhor música no Prêmio Saturno 
- Venceu nas categorias de melhor figurino e melhor desenho de produção no BAFTA 
- Foi indicado na categoria melhor vilão no MTV Movie Awards 
- Existem dezoito decapitações no filme. 
- O personagem de Christopher Walken, o guerreiro hesseno sem cabeça, não tem falas no filme, além de alguns "rás" raivosos dirigidos ao seu corcel negro e um pequeno shhhh, com o qual pede silêncio. 
- O personagem Ichabod Crane (Johnny Depp) desmaia 6 vezes em todo o filme.
- O papel de Katrina Van Tassel foi oferecido à Winona Ryder, mas ela o recusou. 
- Em 2011, Johnny Depp completou 48 anos.

4 comentários:

  1. Poxa, essa da Wynona eu não sabia! Ela seria perfeita junto com o Johnny, mas a Cristina Ricci ficou perfeita de qualquer maneira!

    ResponderExcluir
  2. Eu morria de medo desse filme quando eu vi '-'

    ResponderExcluir
  3. Sim, a Winona recusou porque era ex-noiva do Johnny, e nessa epoca ela tva com o Matt Damon e ele nao queria que ela fizesse o filme com medo de que os dois voltassem a namorar. E isso provavelmente aconteceria pq o Johnny ainda era apaixonado por ela...:x

    ResponderExcluir
  4. Acho que o Johnny não poderia ser ainda apaixonado pela Winona, pois em 1998 ele conheceu a Vanessa Paradis, então, em 1999, já devia ter uma relação entre eles ;)

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.