3 de jul de 2011

Dexter - 2ª Temporada

No início de abril publiquei aqui no blog uma postagem sobre a primeita temporada do seriado Dexter. Se você ainda não leu clique aqui e confira. Hoje irei falar sobre a segunda temporada deste excelente seriado. Mais uma vez quero deixar bem claro que sei que Dexter não é terror, mas por possuir alguns elementos característicos dos gêneros terror/suspense e por ser um ótimo seriado achei interessante comentar sobre ele aqui no blog.


Atenção:  Se você ainda não assistiu a primeira temporada de Dexter e pretende assistir, recomendo que você NÃO leia de forma alguma essa postagem. Contém diversos spoilers da primeira temporada


Vou colocar sempre a 'Morning Routine'. Uma das melhores aberturas de séries que já vi.

Nessa altura do campeonato você que acompanha Dexter já percebeu como é o seriado e conhece bem o personagem principal da história. Já sabemos que o pai dele era o único que sabia sobre seu "segredo obscuro", que ninguém desconfia dele (apenas o sargento Doakes) e que Dexter passa a maior parte do tempo fingindo emoções e sentimentos que ele não tem ou não entende. Com o final da primeira temporada também descobrimos outros diversos detalhes da vida desse adorado serial killer: 

• A mãe dele não morreu num acidente como seu pai havia lhe dito, ela foi assassinada brutalmente na frente dele;
• Dexter tem um irmão mais velho, Brian Moser;
• Rudy Cooper, o médico que namora a Debra, na verdade era o Ice Truck Killer;
• Brian Moser e Rudy Cooper são a mesma pessoa, ou seja, Dexter e o ITK são irmãos;
• Harry Morgan escondia muitas coisas sobre o Dexter e muitas coisas sobre ele também;
• No final da temporada, Dexter tem que matar seu próprio irmão para que este não mate a Debra;
• Doakes sabe que Dexter esconde algo, mas ainda não sabe o que.

Muita coisa aconteceu na primeira temporada e nessa segunda Dexter está visivelmente abalado por tudo isso. Principalmente por ter matado seu único irmão e única pessoa que o entendia. Por esse e vários outros motivos, essa é uma das temporadas que Dexter faz mais asneiras.

Dumb Dexter

Logo no início Dexter comente vários erros, sendo absurdamente descuidado com suas vítimas a ponto de até deixar uma escapar. A coisa piora quando um grupo de mergulhadores descobrem no fundo do mar vários sacos de lixos pretos com pedaços de gente dentro. Aí começa a busca por um que provavelmente é o maior serial killer da história da Flórida: o BHB (Bay Harbor Butcher). E quem seria o BHB? Claro, o próprio Dexter!

Todos na cola do BHB

Como se não bastasse a morte do irmão e mais todos os rolos que aconteceram na primeira temporada, agora Dexter tem que se virar pra não ser descoberto, isso com a polícia inteira de Miami, o FBI e até a própria irmã na cola do Bay Harbor Butcher. E muitas vezes na tentativa de se livrar dos problemas, o pequeno Dexter consegue arranjar mais outros. Ao tentar despistar o Doakes (que está literalmente seguindo ele) e agradar Rita, Dexter conhece uma bela britânica que vai colaborar para que a situação dele fique um pouquinho mais complicada...

Lila says: "Dééxtá!"

Nessa nova temporada surgem dois novos personagens: a britânica estranha Lila (que costumo chamar de "vampirona") e o Frank Lundy, agente especial do FBI e responsável pela caça ao BHB. Você pode até gostar da Lila no início, mas tenho certeza que depois passará a odiá-la... MUITO. O Lundy já é o contrário, parece não ser muito simpático no começo mas depois se torna um ótimo personagem, muito agradável.

Lila West e Frank Lundy 

A segunda temporada é muito emocionante e muito irritante também. Acontece várias injustiças e muitas vezes cheguei a torcer para que o Dexter se ferrasse. Sinceramente não gostei muito dessa temporada (por motivos que citarei mais abaixo). É legal, mas se compararmos com a primeira por exemplo, é chata e enjoativa...

Nota (0-10): 8,0

Trailer


Para saber mais sobre Dexter acesse esses sites:


Para baixar recomendo:
 

E quem quiser comprar indico a Americanas.com ou a Submarino.

Um pouco mais sobre a 2ª Temporada (SPOILER!)


O que não gostei (tentarei ser o mais breve possível):

• Na  1ª temporada Dexter apesar de frio, de não ter sentimentos, sabe disfarçar bem suas emoções. Ele conversa normalmente com todos, não é uma pessoa que dá pra desconfiar. A partir dessa segunda temporada ele passa a agir como bobo: gagueja, não sabe o que falar para as pessoas, fica sem palavras muitas vezes...  Aí que tá, ele comete vários erros nessa temporada e ainda age estranhamente quase o tempo todo, como é que o "super mega ultra agente power especial" Lundy não desconfiou dele? O cara anda nervoso o tempo inteiro, some várias vezes e ninguém desconfia? Nem ao menos um agente especial super entendido sobre seriais killers?

"Tonight's the night", Dexter fala isso em quase todos os primeiros episódios de cada temporada.

• Simplesmente incriminaram o sargento Doakes sem ter muitas provas. Beleza, ele tinha muitas coisas contra ele, mas a polícia não resolveu investigar a casa dele? Não é isso que fizeram com vários outros seriais killers? Se investigassem a vida dele iam ver que ele não tinha nada de BHB. O próprio agente Lundy deveria ter percebido que muitas das provas contra Doakes poderiam ter sido muito bem implantadas pelo verdadeiro BHB apenas para incriminar o sargento. A temporada acabou e eles enguliram numa boa a história das lâminas de sangue no carro do Doakes, como se fosse impossível alguém ter colocado elas lá. Final: Doakes, um bom e dedicado sargento morre como um perverso assassino, enquanto Dexter que mata e engana inúmeras pessoas ficou de boa na história toda. Isso foi muito chato (e um furo ninguém ter desconfiado do nervosinho Dexter).

Ótima cena huahua

• A Lila é chata, o Dexter fica chato, ele só faz asneiras e ainda se dá bem no final. É uma temporada meio chata e as únicas pessoas que salvam é a Debra (que a cada temporada fica mais forte e inteligente) e o Lundy (que apesar de não desconfiar do Dexter, é bem legal). Mereceu um 8 porque é uma temporada bem produzida, com ótimos atores e até emocionante, porém tem alguns furos (dos quais não me lembro de todos no momento, então se você lembrar comente).


Espero que tenham gostado da postagem, uma ótima semana para todos!
(Me avisem sobre qualquer erro, assisti essa temporada já faz um tempinho e não me recordo muito bem de todos os detalhes)

3 comentários:

  1. Eu gostei bastante dessa temporada
    Acho q os erros q o Dexter comete fazem parte da evolução dele
    Ele se humaniza mais, só q de uma forma errada
    Ele descobre o lado humano q erra, traí, se irrita, acho q de uma forma serial killer de ser ele meio q viveu a adolescencia dele nessa temporada
    Pra mim serve perfeitamente pra complementar a outra onde nós vemos q ele descobre o lado humano dele bom
    Ele se casa, tem um filho, passa a se importar mais com as pessoas, enfim amadurece
    Td série funciona nessa linha "killers rules" então me parece natural q a evolução dele se dê desse jeito
    Os erros q vc citou tmb concordo
    Ele se denuncia muito e ninguem percebe
    Seria legal se alguem tivesse pelo menos ficado com o pé atras com ele

    http://falandosobreall.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Estou assistindo agora a terceira temporada, acabei de assistir a segundo.

    É uma baita séria, e concordo com você, ele deu muita mancada para sair assim ileso.

    Outra coisa que me deixou chateado, é que o Doakes morreu de forma lamentável, ele tinha seus problemas, mas acho que não merecia aquela morte. Além do que, ele era um bom personagem, dava a trama um ar de suspense, sempre com o risco de descobrir quem de fato era o Dexter.

    Bom estou vendo agora a terceira temporada, e estou vidrado, estou gostando muito.

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Thiago.
    A 'morte' do Doakes no livro é BEM pior, acredite.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.