10 de jun de 2011

O Filme de Terror Mais Antigo do Mundo

Olá leitores do VA. Trago a vocês, como já devem ter notado, o primeiro filme de terror da história. Alguns blogs já devem ter falado sobre ele, mas quanto mais divulgação melhor!

O filme se chama Le Manoir du Diable (A Mansão do Diabo), o que, na verdade, se trata de um curta com um pouco mais de 3 minutos. O diretor é o grande George Méliès, um dos pais do cinema e criador dos efeitos especiais.

Esta obra é de 1896, e, logicamente, é em preto e branco e muda. O filme não tem enredo, é apenas uma exibição de efeitos, mas vale apena assistir.


7 comentários:

  1. Cara...

    Simplesmente incrível para época huahuaha. Muito foda, adorei a postagem! Eu não conehcia, ainda bem que você publicou!

    E caso queira, está convidade a fazer uma postagem sobre ele no Black Moon, ficaria agradecida se pudesse me dar a honra.

    Isabella F.
    blamoon.blogspot.com

    ;)

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. ainda bem que nasci na época certa.Cinema mudo é muito sem graça.

    ResponderExcluir
  4. Luca, você diz isso porque não conhece muitos filmes mudos... assista Metrópolis e sua concepção irá mudar completamente.

    Faltou uma música de fundo no vídeo... teria ficado muito melhor.

    ResponderExcluir
  5. parece um monte de palhaços fazendo palhaçada ou meio QI é baixíssimo.

    ResponderExcluir
  6. Amei o curta para época que foi feito, ficou bom só que achei o genero mais para comédia do que para terro. Enfim amei <3

    ResponderExcluir
  7. e muito bom saber que esse genero creçe cada vez mais

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.