24 de abr de 2011

Apocalipse Z - O Princípio do Fim


Titulo Original: El principio del fin
Autor: Manel Loureiro
Editora: Planeta
Ano de lançamento: 2010
Número de páginas: 368


Sinopse: Em uma pequena cidade espanhola, um jovem advogado leva uma vida tranquila e rotineira. Um dia, porém, começa a ouvir notícias sobre um incidente médico ocorrido em um país remoto do Cáucaso. Apesar de aparentemente corriqueiras, as notícias chamam tanto sua atenção que ele resolve registrar suas impressões em um blog. Aos poucos, o que eram apenas acontecimentos incomuns ocorridos em um país distante começam a se espalhar por toda a Europa.


Vai Lendo !



Depois de um afastamento maior do que o pretendido, afinal foram meses de estudo para finalizar um projeto profissional, agora estou tentando voltar as minhas atividades aqui no Vai Assistindo.

Para esta volta resolvi resenhar um livro que li recentemente e que me deixou muito impressionado, Apocalipse Z – O Princípio do Fim.

O livro é escrito pelo espanhol Manel Loureiro, na obra iremos encontrar todos os clichês possíveis dos filmes de Zumbis: um desastre em algum recôncavo esquecido do mundo, a aniquilação de boa parte da humanidade, o herói sobrevivente, etc.

O livro é apresentado na forma de um diário, onde um jovem advogado conta sua história através de postagens em um blog, em suas postagens estão relatos de sua rotina diária, até que acontece um estranho acidente no Cáucaso e o autor acaba sem acesso a internet passando a escrever suas aventuras como um livro, dando a narrativa ares de obra real. Este tipo de narrativa lembra um pouco o empregado por Bram Stoker em Drácula.

Os reflexos deste acidente vão paulatinamente vão se espalhando pelo mundo. O terror e o medo vão tomando conta das ruas e das cidades. O advogado acaba isolado do resto do mundo, tendo por companhia um gato de estimação.

O relato continua com a busca por outros sobreviventes e por explicações sobre o que está acontecendo no mundo. O mais interessante é que o herói é apresentado como uma pessoa normal. Ele não tem grandes conhecimentos bélicos (tem inclusive dificuldade em usar armas de fogo), têm seus medos e dúvidas, dando uma nova abordagem as histórias de zumbis.

A forma realística e a narrativa em primeira pessoa dão um ar verossímil ao livro. O relato da expansão da infecção é apresentado de forma tão inteligente e coerente que se assemelha as coberturas da epidemia de gripe H1N1 há dois anos.

O livro fez tanto sucesso que já foi lançada uma continuação “Apocalipse Z - Vol.2 - Los Dias Oscuros”.

Um livro com uma narrativa ágil e uma tradução que não compromete, prendendo o leitor. O gostinho de quero mais fica somente pelo lançamento da versão nacional da continuação.

Imperdível !!

Boa Leitura, crianças !!!

4 comentários:

  1. Grande Coyote, seja bem vindo de volta.
    Já tinha lido algumas críticas bem positivas a respeito desse livro e estou bem curioso para ler. Certamente será uma de minhas futuras aquisições para minha biblioteca.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado João pela acolhida.
    Realmente andei muito sumido, mas estou de volta.
    Não deixe de ler este livro. Devo confessar que comprei sem ler as críticas e fui agradavelmente surpreendido.
    Vale o investimento.

    ResponderExcluir
  3. Bem vindo Coyote!
    Adorei sua critica e fiquei super curiosa para ler esse livro. Parece ser ótimo msm. Vou procurar pra comprar. ^^

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é simplesmente o melhor livro que eu já li! excelente!

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.