6 de mar de 2011

I Saw The Devil (Akmareul boatda)

Título Original: Akmareul boatda
País de Origem: Coreia do Sul
Duração: 141 minutos
Ano de Lançamento: 2010
Direção: Ji-woon Kim
Roteiro: Hoon-jung. Park

Elenco: Byung-hun Lee (Soo-Hyun), Min-sik Choi (Kyung-Chul), Gook-hwan Jeon (Chefe Jang), Ho-jin Jeon (Chefe Oh), San-ha Oh (Joo-yeon), Yoon-seo Kim (Se-yeon).

Sinopse: Um agente especial sul-coreano tem a noiva assassinada por um serial killer e ao invés de deixar o caso com as autoridades competentes, resolve descobrir por conta própria o assassino de sua amada.
Ao descobrir a identidade do vilão, o agente resolve não simplesmente matá-lo, mas sim "brincar" com a sua vítima em um longo e doloroso jogo de caça, sempre o deixando escapar no final, para recaptura-lo em seguida, tentando assim provocar o máximo de dor possível.



Vai Lendo!

Após o grande sucesso de Oldboy, a Córeia do Sul vem ganhando bastante destaque em filmes com o tema vingança. Tivemos a trilogia da vingança de Park Chan Wook (Mr Vingança, Oldboy e Lady Vingança), O Gosto da Vingança e este recente I Saw The Devil de Ji-woon Kim, todos filmes que vem fazendo grande sucesso e que voltaram as atenções mundiais para o cinema do país.


Em I Saw The Devil Ji-woon Kim fez ainda a proeza de reunir os astros de Oldboy e o Gosto da Vingança, Min-sik Choi e Byung-hun Lee respectivamente. E o que esperar de um encontro de dois atores que interpretaram sujeitos cascas-grossas, vingativos e sanguinários? Não dá para esperar nada diferente do que o melhor (ou pior dependendo do ponto de vista) desse encontro eletrizante, e I Saw The Devil entrega justamente isso ao telespectador.

Byung-hun Lee faz o papel de um agente especial chamado Soo-Hyun, que tem sua noiva sequestrada e brutalmente assassinada por um serial killer, tudo isso poucos minutos depois de uma conversa romântica com a moça.
O sujeito parte por conta própria em uma investigação particular, interrogando (e espancando) os possíveis suspeitos do crime, eventualmente acaba encontrando o verdadeiro culpado, Kyung-Chul (Min-sik Choi), e é aí que a coisa realmente esquenta.


Ao invés de simplesmente concluir sua vingança matando o pervertido vilão, Soo-Hyun acredita que isso não é o bastante para que ele pague, para que se sinta satisfeito o assassino vai ter que sofrer muito em suas mãos.
Soo-Hyun implanta um localizador no sujeito, e o persegue sempre o encontrando, infligindo duras sessões de espancamento e permitindo que ele escape no final, apenas para capturá-lo novamente e repetir a dose.
Só que a "brincadeira" acaba fugindo do controle e aí as consequências serão imprevisíveis...


A história de I Saw The Devil é basicamente essa, algo bastante simples, no entanto eficiente. O verdadeiro mérito do filme é em apresentar um protagonista que perde tudo, e na ânsia de fazer com que o responsável pague acaba se tornando tão violento quanto o objeto de sua vingança, não se importando com as consequências de seus atos e nem se terceiros sairão feridos no processo, chegando a permitir que o vilão tente cometer novos crimes, apenas para servir de isca para seu jogo. No fim das contas já não se diferencia o herói do vilão.


Apesar do tema vingança ter sido já usado a exaustão e da simplicidade da trama, o que faz com que I Saw The Devil seja um filme excepcional é o capricho dos envolvidos. Começando com as atuações de Byung-hun Lee e especialmente a de Min-sik Choi que deu vida a um psicopata tão pervertido, odioso e assustador, que às vezes temos ganas de “entrar na tela” e ajudar o protagonista a torturar o infeliz.

Já a condução do filme pelas mãos de Ji-woon Kim é bastante competente, intercalando algumas cenas um pouco mais sublimes, como a relação de Soo-Hyun com a família de sua falecida noiva, com a violência extrema, tensão e suspense do confronto entre os dois homens.
Acredito que apenas a conclusão do embate tenha deixado um pouquinho a desejar (ênfase no pouquinho), mas nada que sirva para tirar os méritos e a boa impressão causada pelos outros 90% do filme. Certamente imperdível para quem gosta de um filme violento,visceral e tenso, mas com conteúdo.

De negativo em relação a I Saw The Devil? Apenas o fato de que o filme ainda não deu as caras oficialmente em nosso país...(traduzindo em míudos: só por download).


Nota (0-10) 10 (história de vingança, carregada de tensão e extremamente violenta, possivelmente o melhor filme que assisti no ano de 2010).

Trailer

That's All Folks!

9 comentários:

  1. @Tobi-Chan,

    Na verdade quem escreveu o texto fui eu e não a Ninne, hehehe.
    Faz um bom tempo que vi esse filme e peguei ele por Torrent. Lá no Asian Space também já tá disponível, e lá é melhor ainda pois não precisa ficar procurando por legendas.

    Bom eu particularmente não vi o Tale of Two Sisters...Mas o diretor Ji-woon Kim é o mesmo desse I Saw The Devil.

    Bom gosto é que nem *%*#, cada um tem o seu, eu particularmente achei o filme excepcional, e dificelmente dou uma nota máxima para algum filme. Se gosta de um bom filme sobre vingança então tenho certeza que esse não vai te decepcionar.

    ResponderExcluir
  2. Estou doido para ver este filme, e a cada dia q passo sem ve-lo , o desejo aumenta. Esta passando nos cinemas agora mesmo,aqui nos EUA, mas nao posso ver, pq nao esta na minha cidade, apenas em Nova York e olhe la. Portanto, vou esperar pelo DVD. Pq nao baixar? Pq acredito q um filme tenso e excelentmentemente dirigido como este nao e' a mesma coisa no computador,se comparado a um cinema ou a uma boa TV.

    O diretor deste filme, Kim Jee-woon, pra mim e' um semideus xD. Nao estou exagerando. TODOS os filmes dele sao obras primas d valor incalculavel. A Tale of Two Sisters, A Bittersweet Life e The Good the Bad the Weird sao 3 filmes fantasticos,e totalmente diferentes um do outro. Pra mim,ele da d 10 a 0 no Park Chan-wook,diretor d Oldboy. Pq? Pq o Park faz filmes parecidos um com o outro,e nenhum deles conseguiu chegar ao mesmo nivel d Oldboy, sua obra prima. O Kim , por outro lado,faz filmes totalmente diferentes d genero e a qualidade nunca cai. Outro q eu adoro e' o Bong Joon-Hoo,q fez o excelente O Hospedeiro e o FANTASTICO Mother:a busca pela verdade. Este ultimo e' tao fantastico q eu comprei o DVD e ja vi 3 vzs.

    Um filme d vinganssa coreano q saiu d la nos ultimos tempos e' um thriller sangrento chamado Bedevilled. E' sobre uma mulher q mora em uma ilha isolada e pobre, e e' maltratada e infernizada por tds ao seu redor tds os dias,por anos a fio. Por fim,ela se vinga com uma foice. E um dos filmes mais crueis e tristes q eu ja tive o prazer d assistir, do mesmo nivel do frances Martyrs. (embora nao tao perturbador)

    Por ultimo, aqui vem minha pergunta: quando o cinema americano vai se tocar da pessima qualidade d seus filmes e parar d fazer remakes,e filmes do mesmo nivel deste ai vao virar rotina em Hollywood?

    A) Nunca
    ou
    B) Nunca?

    ResponderExcluir
  3. Eu vou procurar agora mesmo!

    beijos,

    ResponderExcluir
  4. @Gabriel,

    Eu sou um pouco contra baixar filmes também, sempre que posso ou alugo, ou compro o DVD original. O problema é que tem muito filme que ou nunca dá as caras por aqui, ou são dificílimos de encontrar, e nesse caso prefiro baixar do que me privar de assistir.
    Em questão de qualidade de imagem aí depende muito também, muitos filmes que eu pego já baixo em uma qualidade bem boa, ligo o pc na TV e no subwoofer e fica supimpa, sem dever nada a qualidade de um DVD.

    Já sobre o Park curiosamente prefiro Lady Vingança ao Oldboy. Claro que gosto do Oldboy, mas é questão de gosto mesmo.

    E sobre o Kim só assisti esse I Saw The Devil e o Bittersweet Life, então não tenho muito o que dizer sobre a filmografia do cara. Mas como achei ambos excelentes filmes acredito que o resto não decepcione.

    Vou procurar esse Bedevilled que você recomendou.

    E finalizando Hollywood ainda consegue lançar algumas coisas boas, achei por exemplo Black Swan um filmaço. Só que infelizmente para cada bom filme que saí por lá, pelo menos outros 10 ruins e 10 meia-boca são lançados...

    ResponderExcluir
  5. @Je Magazine

    Procura mesmo que esse é um filmaço!

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkkk sorry, jurei q era a Ninne...
    suas criticas são bem parecidas, por isso confundi...
    Acho q vou ter q passar a olhar o nome de quem postou.
    kk...
    Recomendo A Tale of Two Sisters pra vc, é um otimo filme, daqueles que te faz ve-lo umas 3 vezes pra entender.
    Gosto muito de filmes com história boa, mas tbm gosto desse estilo Gore.

    ResponderExcluir
  7. Vou tentar baixar, parece mesmo que é mto bom, ainda mais sabendo que o diretor é o Ji-woon Kim.

    Quando eu assistir comento aqui de novo. Ficou excelente a postagem João (me deixou super curiosa pra assistir esse filme)!

    ResponderExcluir
  8. @Ninne

    Tá certo minha amiga, aguardo sua opinião.

    ResponderExcluir
  9. @Tobi-chan

    Hehe, nem precisa se desculpar que essas coisas acontecem, Tale of Two Sister eu vou ter que assistir. Mas é fato que tenho tanta coisa pra ver e tenho tido tão pouco tempo que tá difícil escolher o que ver primeiro.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.