19 de nov de 2010

A Epidemia (The Crazies)

Título no Brasil: A Epidemia
Título Original: The Crazies
País de Origem: EUA / Emirados Árabes Unidos
Gênero: Terror
Classificação etária: 14 anos
Tempo de Duração: 101 minutos
Ano de Lançamento: 2010
Estréia no Brasil: 20/08/2010
Estúdio/Distrib.: Imagem Filmes
Direção: Breck Eisner

Elenco: Timothy Olyphant, Radha Mitchell, Joe Anderson, Danielle Panabaker, Christie Lynn Smith, Brett Rickaby, Preston Bailey, John Aylward, Joe Reegan, Glenn Morshower, Larry Cedar, Gregory Sporleder, Mike Hickman, [+].

Sinopse: Moradores de uma pequena cidade americana começam a sucumbir a um desejo incontrolável de violência e carnificina após beberem água contaminada com algum tipo de vírus. Na tentativa de conter a epidemia, militares usam força letal para fechar o acesso para dentro ou para fora da cidade, abandonando a poucos cidadãos saudáveis para o caos crescente como depravados assassinos se escondem nas sombras. O xerife David Dutton (Timothy Olyphant), sua esposa grávida, Judy (Radha Mitchell), Becca (Danielle Panabaker) e Russell (Joe Anderson), assistente do xerife , encontram-se presos em uma cidade anárquica. Não é mais possível confiar em antigos vizinhos e amigos. Abandonados pelas autoridades e medo de contrair a doença, o grupo é forçado a se unir em uma luta pela sobrevivência.

Vai Lendo! 




The Crazies (Os Loucos, tradução correta do título) é, como muitos devem saber, uma refilmagem do filme Exército do Extermínio (The Crazies será q Os Loucos era um título tão ruim assim?) de 1973 do diretor George A. Romero. Nunca assisti o original, portanto irei julgar apenas o remake, sem fazer comparação com o filme antigo, até porque, pelo que vi do trailer do filme antigo, há algumas mudanças, senão muitas, no estilo do filme. 

 

Bom, pra ser mais direta, adorei o filme. Existem sim alguns clichês e a história, apenas pela sinopse já dá pra perceber que não é algo inovador. No entanto, o filme ficou muito bem feito e de um certo ponto, até mesmo diferente, mesmo não sendo totalmente inovador. 

 

Acontece que o filme não é de zumbis. Muitos aliás acharam ruim sobre o filme não ser de zumbis, mas realmente não era pra ser um filme de zumbis. E neste ponto que o filme fica diferente, não é  mais um filme sobre zumbis. Existe pessoas infectadas com algum tipo de vírus? Sim. Elas possuem pele e olhos estranhos? Sim, sim. São zumbis então? Não. As pessoas da cidade estão infectadas com algum tipo de vírus (que você vai descobrir mais pra frente do filme...e nesse ponto também não foi uma explicação inovadora), mas não ficam com vontade de comer carne humana e o principal: não ficam burras. A população fica extremamente violenta, apresentam uma aparência estranha e matam quem vê pela frente, utilizando armas, facas, ou qualquer outra coisa que dê pra matar pessoas.

 

O fato de "não zumbis, mas sim seres infectados razoavelmente inteligentes" me fez lembrar um pouco muito dos habitantes da vila do jogo Resident Evil 4. Os habitantes, infectados pela "Las Plagas" tinham um aspecto estranho, quase de zumbis, mas possuíam um certo nível de inteligencia, fazendo com que falassem algumas palavras, exercessem certas tarefas e utilizassem certas armas. Enfim, quem quiser saber mais sobre a história do jogo, clique aqui. Mas de certo modo, achei que os habitantes do jogo lembram os habitantes dessa pequena cidade do filme.  xP

 

As atuações ficaram ótimas. Radha Mitchell (Silent Hill) e os demais atores conseguiram passar o clima tenso e assustador que a história pedia. Joe Anderson,  que interpreta o ajudante do xerife, vai ser adorado em algumas cenas e odiado em outras, atuou até bem o rapaz mas sacanearam legal colocando aquele bigode nele ¬¬.

Nada contra homens de bigode mentira, mas foi sacanagem esse bigodinho aí né?! 

Pra quem gosta de algumas cenas fortes e muito sangue, mas sem tornar o filme besta e exagerado, esse filme conseguiu uma "medida certa de gore". Teve muitas cenas legais e outras que bem... pra quem já é acostumado com terror, já até sabe como vai terminar. Em geral o filme é muito bom, pelo menos gostei muito dele, da história e de várias cenas. Gostei também porque não subestima a nossa inteligência e muitos detalhes que os personagens custam a perceber em outros filmes, neste tudo é resolvido rapidamente, sem tornar os personagens babacas como em muitos outros filmes de terror aprox. 99,9% dos filmes ¬¬

 

Também gostei muito do final...The Crazies está mais que recomendado! Assista e boa diversão!

Nota: 9,0 (um ou outro "defeito", mas o filme ficou muito bom!)


Trailer:



Trailer do filme Exército do Extermínio (1973):

Nunca vi esse filme mas posso concluír uma coisa: que trailer ruim! ¬¬

Posters




 




4 comentários:

  1. Gosto mto desse filme,mto bom e vale a pena. E' a prova d q nem todos os remakes sao ruins, apenas a maioria. Claro,o melhor e' simplesmente nao existirem remakes, mas se for bem feito.... e' bem feito. Filme bom e' filme bom, a gente tem q respeitar.

    Oq eu nao gostei foi o pouco desenvolvimento das personagens (os zumbis ja aparecem logo na primeira cena) e o excesso d sustos faceis, mesmo q bem feitos e me fazendo pular varias vezes. Ficou americano demais pro meu gosto. (sim,eu sei q esse filme e' americano ,mas acho q vc entendeu). No geral, realmente e' um dos filmes q conseguem superar uma ideia cliche, fazendo vc pular da sua cadeira e sua frio do mesmo jeito.

    Dica: tem um filme d terror mtooooooooooooooo bom pra baixar chamado House of The Devil,q pra mim ja e' um classico . O filme e' novo , d 2009, e' americano,mas NAO e' remake e NAO e' sequencia! (todos abrem a boca) . A historia se passa nos anos 80 e o filme e' bem convincente, parece realmente q td se passou naquela epoca. Alem disso, o filme vai lentamente te enchendo d medo e de suspense, e quando ele finalmente libera o terror.... ele libera. Vai te fazer dormir de luz acesa,tenho certeza :-)

    ResponderExcluir
  2. Bom... já é de se esperar que um filme do Romero seja de zumbis, talvez por isso a revolta. A propósito, bigode win, um bigode é sem sombra de dúvidas a arma mais poderosa quando se trata de sobrevivência. Pena q n tenho um =/

    ResponderExcluir
  3. uuuuuu

    meu blog foi citado :O

    bom, eu só vi o filme original, e eu gostei, como sempre gosto dos filmes do Romero (apesar de que tem uns que pelamordecthulhu USHAUISHAUHSA

    mas vou dar uma olhada nesse remake ai! :D

    ResponderExcluir
  4. Estou animado com a participação de ChristieLynn Smith na série Togetherness.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.