3 de jun de 2010

A Nightmare on Elm Street

Título Original: A Nightmare on Elm Street
Título no Brasil: A Hora do Pesadelo
País de Origem: EUA
Tempo de Duração: 98 minutos
Ano de Lançamento: 2010
Direção:
Samuel Bayer

Elenco: Katie Cassidy – Kris Fowles, Thomas Dekker – Jesse Braun, Kellan Lutz – Dean Russell, Clancy Brown – Alan Smith, Connie Britton – Dr. Gwen Holbrook, Lia D. Mortensen – Nora Fowles, Julianna Damm – Little Kris, Christian Stolte – Jesse's Father, Katie Schooping Knight – Creepy Girl #1, Hailey Schooping Knight – Creepy Girl #2, Leah Uteg – Creepy Girl #3, Don Robert Cass – History Teacher, Kurt Naebig – Dean's Father, Kyra Krumins – Little Nancy, Brayden Coyer – Little Jesse, Max Holt – Little Dean, Andrew Fiscella – Inmate, R.J. KizerSwim Coach, Pete Kelly – Officer, Jason Brandstetter – County Jail Cop, Rob Riley – Minister, Scott Lindvall – Paramedic, Dominick Coviello – Pharmacist, Parker Bagley – Paxton (Friend in Diner), Jennifer Robers – Dean's Mom, Tania Randall – Nurse, Logan Stalzer – Little Logan, Christopher Woods – Little Christopher, Aaron Yoo – Marcus Yeon

Sinopse:
Jovens são aterrorizados em seus sonhos pelo assassino Freddy Krueger.
A refilmagem de “A Hora do Pesadelo” acaba de ganhar seu primeiro trailer oficial. Na prévia de pouco mais de dois minutos, somos introduzidos ao Freddy Krueger antes de sua morte, e conferimos o renascimento dos personagens clássicos do filme original.
Até então, a série era composta por sete filmes, além de “Freddy vs. Jason”. Em todos os filmes originais, o personagem horripilante de Freddy Krueger era interpretado por Robert Englund. Na refilmagem, o indicado ao Oscar Jackie Earl Haley (Watchmen) viverá o personagem.

Vai Lendo!




Olá queridos sonhadores.

Bem, eu vou falar sobre um clássico dos filmes de terror que fez parte da minha vida e ainda continua fazendo. O tema não tem nada a ver com video games, mas é só porque eu sou muito fã desse filme.

Ontem, eu fui assistir o remake do "A Nightmare on Elm Street".

Eu sou um tipo de fã que é difícil de se lidar, sabe. Eu gosto muito que as coisas sejam muito fiéis a todo o contexto inicial, por exemplo, eu detesto remakes de qualquer tipo, seja de jogos, filmes, livros e etc.

Eu tenho uma certa aversão por remakes que vocês não tem noção. Eu odeio o jeito que esses diretores conseguem estragar algum filme que era ótimo, ou um livro, que seja.

Mas, voltando ao filme... "A Nightmare on Elm Street" sempre foi um dos meus filmes preferidos de terror e eu simplesmente amo o Freddy Krueger (apesar de ele ser um velho pedófilo sanguinário).

O que eu gosto no "pesadelo" Freddy Kruegger, não é simplesmente a sua aparência (que chega a me dar arrepios, sério, acho ele muito estiloso XD), mas sim no jeito em que ele fala, o tom irônico e sarcástico que ele se dirige às pessoas, a confiança que ele tem de que você, ao entrar no mundo dele, está perdido em suas mãos, ou melhor, em suas garras!

Freddy Krueger é meu "muso"!!! HUSHSUHSUHSU


Sobre o Remake...


Mas, pulando a descrição do meu amor pelo Freddy... Vou comentar sobre o remake desse maravilhoso filme.

Nos atuais filmes de terror, temos um grau de realismo realmente incrível. Uma garganta cortada com perfeição, sangue verossímil aos montes, um rosto queimado deformado e grotesco com uma perfeição terrível!
Ao lembrarmos esses mesmos efeitos no passado é impossível não rir, pois eles foram tão ultrapassados, que acabaram envelhecendo muito mal.
Apesar disso tudo, “A Nightmare on Elm Street” de 1984 é um ótimo filme para os amantes do terror. Dirigido por Wes Craven, o longa trazia inovações para o cinema de terror! Foi um grande sucesso!

Então os babacas de Hollywood tiveram a brilhante idéia de refazer a obra... Com certeza foi a coisa mais idiota que eles pensaram em fazer (com em todos os outros remakes).
Tudo que há de brega e ruim no cinema atual de terror foi herdado desses típicos filmes dos anos 80 (Não que na época fosse ruim, mas tem coisas que não tem mais como engolir né?). Na época, nada soava ruim. Os filmes antigos são clássicos do terror de sua geração e têm o direito de serem chamados assim, mas não podemos negar que tudo mudou tão drasticamente que eles se tornaram obsoletos...
Todos esses elementos velhos, no caso da franquia do cruel Freddy Krueger, eram atenuados por um simples motivo: tudo era um sonho (ou um pesadelo, como preferirem). Coisas absurdas como sair as 3 horas da madrugada para procurar o cachorro eram perdoáveis.



Chega uma certa hora no filme que você pensa e fala "poxa, eu não acredito que me fizeram uma coisa dessas".

Eu até entendo em fazer o remake perfeitamente igual ao antigo, mas os caras tem que entender que hoje em dia não existe mais essa de você se assustar com coisas óbvias (apesar de que tinha uma guria na cadeira da frente que tava pulando e agonizando de medo HUSHSUHSUHSUHSUHS).

Nesta versão, o filme tenta se defender dos clichês de terror com a “desculpa do sonho” para criar seus momentos de tensão, mas falha muito! O exagero é tão grande que na hora de apresentar o clima de terror que acaba sendo cansativo. Até para acender uma luz qualquer a trilha sonora executa suas notas aterrorizantes! A verdade é que o filme infelizmente passa longe de ser adaptado de forma original...

Como vocês viram, o elenco é enorme.
Adolescentes como sempre foram nos filmes antigos até que estão de bom agrado. Vocês podem encontrar esses adolescentes em filmes de comédia ou suspense atuais (aquele oriental Aaron Yoo, "Disturbia", e outros adolescentes que aparecem em "Jennifer's Body" e se duvidar até em "Transformers" tem).

A história começa nos apresentando um grupo de jovens que andam sonhando com um terrível homem. Ele tem o rosto queimado e possui garras de ferro no lugar dos dedos. Compartilhando estranhamente o mesmo sonho, os garotos percebem que existe uma ligação entre eles, que envolve um antigo acerto de contas entre o estranho Freddy e seus pais.


Até ai tudo bem, é a história original.

As cenas de "sonho para realidade, realidade para sonho" foram bem trabalhadas. Só que, não é como nos filmes antigos. Você consegue, muito fácilmente, distinguir quando é sonho e quando é realidade, coisa que no filme de 84 você não sabe nem quando era o que ou quando deixava de ser.
As cenas de violência, mortes, sangue e coisas do tipo foram boas, foram bem realistas, mas para mim, ainda parecia uma versão daquele filme "Premonição".

Apesar de ter toda essa ligação com o filme original, o roteiro é fraco e trabalha pouco seu personagem principal, que seria o querido Freddy Krueger. Ele fica fadado a soltar frases toscas de efeito moral. Toda a sua irônia, sua crueldade, sua confiança sumiram nesse novo filme. Eu acredito que o ator não conseguiu mesmo entrar na personagem... E isso estragou todo o filme. Tudo o que fazia Freddy ser uma inovação dos demais, foi tudo pelo ralo com esse remake. Apesar de Jackie Earle Haley ser um ótimo ator e se sair bem com máscaras, aqui ele não tinha Alan Moore escrevendo seu texto.
Agora o grupe de atores adolescentes é todo ruim, sem profundidade, sem relevância nenhuma. O trabalho de câmera tem seus momentos interessantes, algumas cenas bem planejadas, ângulos corretos, mas quase nada que cative a plateia a ponto de levar algo daquilo para sempre.

Enfim, o filme não apresenta nada de novo...


A nota que eu dou para esse filme?
2 no máximo...







Bom, é isso pessoas! Beijocas!

11 comentários:

  1. Pois e'...... oq eu vivo dizendo.... quer ver filme original??? Vai ver filme asiatico. Holywood hoje e' so remake. Serio, com o e' possivel alguem passar 30 ANOS sem mudar nada???? Da ate' vergonha. Os filmes de hoje estao mais cliches do q nunca,nada de novo,tudo reciclado. Eu nunca gostei da serie a hora do pesadelo,nao vi o remake ainda e agora , depois dessa critica,nunca mais vou ver mesmo....

    Mas agora, nao achei TODOS os remakes ruins. Ja viu a ultima casa???( the last house on the left). Apesar de nunca ter visto o filme original,o remake trata-se de um filme mto bom levando em conta apenas ele,pelo menos. Bem q eu gostaria q fizessem uma postagem sobre ele aqui....

    Mas bom,eu nunca gostei da serie dos pesadelos,mas continuar repetindo um filme dos anos 80 nos dias de hoje nao da para aguentar mais. O pior e' q td dia eu invento alguma historia de terror da minha cabessa (nao necessariamente original,mas pelo menos nao e' remake). Como gente profissional,d 40 anos,e' incapaz de criar algo novo,nem q seja so um pouco??? E' de dar pena mesmo....

    ResponderExcluir
  2. Você só confirmou o que eu imaginava que ia acontecer...
    É pena que a ganância de Hollywood precise mexer dessa forma com personagens tão queridos do público só para ganhar uns trocados a mais.
    Certa vez Robbie Zombie disse que Hollywood deveria fazer remakes de filmes ruins e tentar transformar em algo bom, concordo plenamente com ele.
    Pena que pouco tempo depois ele se contradisse e veio com o seu Halloween...

    De qualquer forma, muito bom o texto companheira Morte.

    ResponderExcluir
  3. Eu realmente fiquei muito triste, não sei porque eles estragaram o meu querido Freddy, amo tanto ele... E nesse filme, ele ficou ultra tosco /rs

    ResponderExcluir
  4. Sério, tô tentando pensar em qualquer coisa pra dizer, massó me vem uma coisa: SUSPEITEI DESDE O PRINCÍPIO! (vulgo "Eu sabia!" xD)

    Hollywood, pelo amor do bom senso e decência nos filmes, PARE DE FAZER REMAKES!!!

    ResponderExcluir
  5. Suspeitava que isso fosse acontecer... lamentável.

    Ainda bem que não vi esse filme. Agora aguardo com MEDO o próximo remake anunciado... Brinquedo Assassino

    ResponderExcluir
  6. Bom, vou ser a do contra do negocio aqui... Lá vai! \o/
    Sou fã desde criança da serie “a hora dos pesadelo” e completamente apaixonada pelo Freddy (apesar de ele ser um velho pedofilo sanguinário! Kkk). *-*
    Eu também detesto remakes, mas tenho de dizer q eu gostei desse aqui (e olha q fã é bicho difícil de agradar).
    Achei q respeitou o original e todo o clima do antigo. No primeiro filme o Freddy não é o foco do filme mesmo, e não fica aparecendo a cada minuto... No primeiro, o foco são os adolescentes. A partir do segundo, q foi quando ele se tornou um personagem mais popular, foi q ele começou a ser o centro e a atração principal dos seus filmes.
    O ator fez um bom trabalho na medida do q ele poderia fazer limitado pela mascara e pela tarefa nada fácil de tentar se igualar ao Robert Englund no papel de Freddy. \o/ (Saudade eterna do Robert Englund T_T)
    Nesse filme, o Freddy esta bem mais como o diretor o queria desde q o roteiro do primeiro filme foi feito... Ele esta mais assustador (mas ainda mantendo o tom sarcástico), com uma cara de queimado de verdade (já q no original o diretor foi barrado de fazer isso por conta de protestos de associações de queimados contra o filme). E outra coisa, foi q eles realmente mostraram oq eles só puderam insinuar naquela época (por conta da censura de novo), mostraram q Freddy não era só um assassino de crianças, mas um pedofilo também!
    Concordo q as cenas de sonho poderiam ter sido mais bem trabalhadas.
    Acho q devemos nos decidir se gostamos de filmes fieis ou se queremos q eles sejam adaptados para melhor se encaixarem no contesto “atual” do negocio. Afinal, quando é fiel demais reclamam e quando é de menos reclamam também... Ta difícil de agradar então, né?! ¬_¬’’

    ResponderExcluir
  7. Amigo, não é por nada não, mas... Qual seria o sentido de fazer um remake idêntico ao original? A idéia do remake é justamente fazer um filme mais assustador, sem tantos clichês ridículos de antigamente.
    Também sou fã de "A Hora do Pesadelo" e já assisti todos várias vezes.
    Você deve levar em conta que existem pessoas mais novas que nunca assistiram "A Hora do Pesadelo" e, se forem assistir, vão achar muito "bobão". O Fred exagerava nas brincadeiras nos filmes antigos e às vezes ficava mais engraçado do que assustador, como no filme que ele leva um cara pra dentro do vídeo game, por exemplo.
    Eu adorei esse remake porque eu queria ver novamente um filme da série, mas não tinha coragem de assistir aos filmes antigos justamente por serem de uma outra época, com excesso de clichês, brincadeiras exageradas, etc.
    Se forem feitos remakes idênticos aos originais, apenas com atores diferentes e mais realismo nas cenas de mortes, será dinheiro na lixeira.
    Quem for fã cego dos originais, deve assistir apenas aos originais e deixar que as outras pessoas curtam as novidades.

    ResponderExcluir
  8. @gabriel

    Acho que você deveria assistir a esse remake! É um remake muito bom, cheio de inovações e cenas fortes de terror.
    Ficou muito mais sério e terrível. Não tem aqueles clichês exagerados de adolescentes usando drogas e fazendo sexo minutos antes de morrer.
    Pra quem gosta de um bom filme de terror e não é fanático por defender a honra clássicos antigos, esse é um ótimo filme!

    ResponderExcluir
  9. o Freddy Krueger dos primeiros filmes era engraçado,sarcastico e aterorisante so que nesse filme so e mais um serial killer sem personalidade e importancia

    ResponderExcluir
  10. simplesmente acabaram com oque o freddy era,ele dos primeiros filmes era meu serial killer favorito

    ResponderExcluir
  11. Homenagem ao clássico do terror...confira!

    https://www.youtube.com/watch?v=HvElylYKUE0

    Acesse a descrição do vídeo e conheça a Banda Libertino.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.