27 de mai de 2010

Uzumaki

Título Original: Uzumaki 
País de Origem: Japão 
Duração: 90 minutos 
Ano de lançamento: 2000 
Direção: Higuchinsky 
Roteiro: Kengo Kaji, Takao Nitta, Chika Yasuo 
Elenco: Eriko Hatsune (Kirei Goshima), Fhi Fan (Shuichi Saito), Hinako Saeki (Kyoko Sekino), Eun-Kyung Shin (Chie Marayama), Keiko Takahashi (Yukie Saito), Ren Ôsugi (Toshio Saito), Tarô Suwa (Yasuo Goshima), Sadao Abe (Mitsuru Yamaguchi)[+]

Sinopse: Habitantes de uma cidadezinha no Japão, são assolados por uma obsessão pela forma geométrica da espiral. Kirie Goshima e seu namorado Shuichi Saito testemunham de perto todos os fatos estranhos e a loucura que os cercam enquanto tentam descobrir o mistério da espiral. 

Vai Lendo!



Como todo nerd que se preze, além de ser gamer, fã de Star Wars, colecionador de figuras de ação e outros brinquedinhos (e escrever em um blog), também sou leitor de história em quadrinhos (antes que pensem mal de mim, eu tenho sim vida social, uma bela namorada e um bom emprego!).

Se durante minha infância dei meus primeiros passos na leitura com o nosso querido Maurício de Sousa e durante a adolescência os super-heróis da Marvel faziam a minha cabeça, na idade adulta eu fui seduzido pelo jeito japonês de se fazer quadrinhos, o hoje tão falado mangá.

Em meados de 2006, a editora Conrad lançou em território nacional um mangá de terror chamado Uzumaki A Espiral do Horror, a primeira vista ele não tinha me chamado muita atenção e acabei nem dando bola.
Porém no ano passado, durante uma compra na internet, encontrei os 3 volumes de Uzumaki em promoção, aí a curiosidade falou mais alto e adquiri este título para minha coleção.

Uzumaki, o mangá.

Uzumaki é obra de Junji Ito autor responsável por várias obras de terror no Japão.
Junji Ito apresenta uma estória de horror diferente do habitual, em Uzumaki temos uma cidade assombrada, mas não por espíritos ou qualquer outra coisa do gênero, mas sim por um padrão geométrico: a espiral.


Edição nacional de Uzumaki, pela editora Conrad.


A estória toda é escrita e desenhada em pequenos episódios, cada qual com um enredo diferente mas sempre apresentando a mocinha Kirie Goshima e seu namorado Shuichi como pivôs centrais.
Tudo começa com alguns habitantes da cidade se tornando obcecados pela forma da espiral, a cada capítulo a estória vai se tornando mais extrema, onde personagens se suicidam, se contorcem até a morte em busca de se tornar uma espiral, onde as águas correm em espiral, a fumaça sai das chaminés em espiral, e assim segue até o arrebatador final.

Esta certamente foi uma das melhores histórias em quadrinhos que já li, tanto que nem vou mais dar detalhes do enredo, recomendo a todos que gostam de quadrinhos ler.
A arte de Junji Ito é sensacional, e apresenta imagens tão fortes e repletas de violência que por um bom tempo ficam gravadas na mente do leitor.
Eu que nunca achei que me impressonaria de tal forma com uma história em quadrinhos (afinal de contas são desenhos e não pessoas), fiquei de queixo caído.



Essas são algumas imagens "simpáticas" que o leitor encontrará em Uzumaki. 

Uzumaki, o filme.

Ao ficar sabendo que Uzumaki havia ganhado uma adaptação cinematográfica, fiquei bastante curioso em ver qual seria o resultado final. Li inúmeras opiniões negativas a respeito da adaptação, e pouquíssimas positivas e aliando a isso o fato do filme ter sido um pouco difícil de encontrar já imaginei de cara: vai ser uma decepção.

A premissa do filme, não muda em relação ao enredo do mangá. Temos Kirie e Shuiche, as pessoas obcecadas e todo o resto. Mas por ser uma obra adaptada, logicamente alterações no enredo e na condução devem ser feitas, e aí que sempre reside o perigo em se transpor para o cinema uma obra de mídia diferente.
 

Para encaixar a estória em uma uma hora e meia de duração muita coisa foi cortada (aliás quase tudo foi cortado), e aquele desenvolvimento lento e progressivo é inexistente.Simplesmente as situações são jogadas na tela e pelo menos para mim, não causou impacto nenhum, sem contar ainda que o final não é o mesmo, pois até aonde eu sei, o filme foi lançado antes que autor completasse a obra.
Já toda aquela violência e terror que funcionavam muito bem no papel, aqui soa até engraçado, apesar de ter uma morte bem feita (a do menino que se joga da escada), ver pessoas se contorcendo em efeitos de CGI não é nem um pouco assustador.

  
Uzumaki não chega a ser um filme ruim, mas faltou muito tempero para ter o impacto visual do mangá, talvez se tivesse sido filmado em uma trilogia, cada filme representando um volume do mangá se tornasse algo memorável. Da forma como foi feito é só mais um filme "meia-boca" com uma estória bizarra e efeitos especiais sem graça.
  
Nota (0-10): 5,5 (não é um filme péssimo, mas para quem leu a obra da qual se originou se torna um passatempo irrelevante) 

Trailer:

O trailer é bem feito e engana, o filme não é assustador assim... 

Curiosidades:
 
-Na cena onde aparece um policial reclamando por Kirie e Shuichi estarem andando juntos na bicicleta, aparece um cartaz com um desenho em mangá. Esses desenho é um auto-retrato de Junji Ito, que se desenhou em uma estória curtinha para o posfácio do primeiro volume do mangá.

-O filme foi distribuído nos EUA com o título de Spiral, na Alemanha como Uzumaki - Out Of This World (não somos apenas nós que recebemos subtítulos estúpidos) e em Honk Kong como Vortex. O filme segue inédito no Brasil.

-Uzumaki foi filmado antes da conclusão da trama no mangá, logo possui um final diferente.

That's all folks!

9 comentários:

  1. Ótima postagem João!
    Gostei do começo...shuahsuhaus
    gosto de mangá tbm, embora ñ tenha lido mtos. Animes e games sempre \o/
    huahuahuahau

    Fiquei sabendo desse filme por causa do clipe do Do As Infinity, Raven: http://www.youtube.com/watch?v=cgCmFkPdufc&feature=fvst

    Vi as cenas estranhas no clipe e achei mto interessantes. Que pena q o filme não seja tão bom assim...o trailer é assustador e bizarro!

    O mangá nem se fala...parece ser excelente!

    ResponderExcluir
  2. eu gosto mtu dos mangás do Uzumaki... O filme é meio ruim. Mas eu gostei dos homens caracóis! HUSHUSHUSHUHSUHSU

    ResponderExcluir
  3. @Ninne
    Eu também não li muitos mangás, até por que eu só compro mesmo quando sobra dinheiro(e acho um saco ler scans), aí acabo selecionando muito bem os títulos.
    Eu comecei a ler mangás, graças ao anime X 1999, soube que o mangá Tokyo Baylon funcionava como prequel, então corri atrás...
    Depois veio o anime Gantz, que terminou de forma estúpida, procurei saber se o mangá também terminava assim. Aí soube que ele nem tinha terminado ainda. Me obriguei a comprar...
    Agora quanto ao Uzumaki se puder ler, leia e esqueça o filme (ou veja somente depois de ler).

    @Morte
    Bom ter você de volta.
    O filme tem até umas cenas legaizinhas mesmo, mas nem chega aos pés da obra que deu origem ;)

    ResponderExcluir
  4. @Ninne
    Ah sim me esqueci de mencionar do trailer...
    Aquele nãnãnãnãnã me deu um calafrio na espinha quando eu vi...hehehe

    ResponderExcluir
  5. Postagem dupla nova!! EBA XD
    Bom, eu posso dizer que sou uma nerd convicta,rs.
    Leio mangá desde que me conheço por gente (Alias João, eu tenho X-1999 e Tokyo Babylon em Japones, quando o Clamp ainda nem tinha terminado X e ninguem imaginava que ia lançar por aqui. Ia sempre na Liberdade para saber se tinha chegado o novo *¬* e quando parou no 18, fiquei varios meses esperando sair um novo até descobrir que elas não iam continuar T-T)
    Mas por incrivel que pareça, cheguei ao Uzumaki do mesmo jeito que o João, rs.
    Primeiro vi a sinopse e não me interessei nem um pouco... Depois,quando estava trabalhando em um Anime-x da vida, meu chefe me deu um descontão para comprar mangas. O box do Uzumaki me saiu por R$1,50!!! (completei várias coleções esse dia,rs.)
    Bom, antes que eu escreva um monte sobre mangá, vou parar por aqui e dar uma sugestão: Escrever sobre quadrinhos e livros de terror no blog!!
    *me convidando* Se quiser, eu posso escrever alguns artigos e mando para a Ninne. Se ela gostar, publica XD
    Quanto ao filme... não assisti, mas gostei do trailer XD
    A cena do cabelo me pareceu legal e aqueles olhos rodando me dão uma aflição danada >.< Minha mãe faz isso quando quer me amedontrar...(sim, ela gira os olhos de um jeito muito demoníaco,rs)
    Beijinhos ;D

    ResponderExcluir
  6. É galera, o trailler realmente é muito bom! Faz o filme parecer 10, me deixou seco pra ver.

    João, mesmo sem ter lido o manga, digo sem sombras de dúvidas que concordo com você, isso pq em geral revistas, mangas etc são melhores em larga escala que filmagens. Nesse ponto existe inumeros exemplos: X Men, Homem Aranha (blergh de filmes horriveis) etc e etc. Gosto muito de ler revistas tambem, mas falta tempo hj em dia, e apesar de ser fanatico por Animes, ainda não acompanhei nenhum manga. Assim como aconteceu com vc, assisti Gantz e achei fantastico, a violencia que o anime apresenta é demais, a ideia totalmente inovadora causa uma empolgação tremenda que só termina com o péssimo final apresentado pelo anime. Infelizmente é o que normalmente acontece com animes feitos antes do fim do manga (Berserk que o diga!)

    Maine, sua ideia é otima, e eu tambem apresentei essa ideia a Ninne a algum tempo atras. Ta lembrada Ninne ? Ta me devendo dar uma olhada na HQ Walking Dead !!! rss. Sério mesmo, em minha humilde opinião, acho que postagens no blog sobre animes e mangas de terror iriam apenas melhorar ainda mais o otimo blog que já é. Td bem, eu concordo que leitura não tem a ver com o nome do Blog (Vai Assistindo), porem jogos tambem não tem a ver, e ainda assim as postagens da Morte são excelentes e fazem grande sucesso, vieram apenas para melhorar o blog e oferecer a todos nós otimas analises sobre outra forma de entretenimento que não apenas filmes.
    Acho que a ideia da Maine é muito válida, pois o importante é manter o blog com a otima qualidade que já possui, nos oferecendo sempre uma fonte segura de informação relacionada ao terror ficticio.

    E é claro, parabens a todos pelo otimo trabalho que esta sendo feito !

    Um abraço a tds !

    ResponderExcluir
  7. @Maine
    É uma pena o grupo Clamp não ter continuado X 1999, ainda bem que não comprei esse...
    Agora box do Uzumaki por 1,50??? Puts e eu achando que tinha feito um nom negócio....
    Bom quanto a escrever no blog, você vai ter que fazer como eu fiz...Se "convide" pelo contato lá em cima e boa sorte!

    ResponderExcluir
  8. eu nunca comprei mangás... Eu tinha um vizinho, meu amigo querido, que sempre comprava as HQ dos Sandman e talz, e um dia ele compro Uzumaki, e eu emprestava dele pra ler.

    Amo esse mangá, e acho que deveria ter um anime sobre ele, ao invés de um filme D:

    ResponderExcluir
  9. @Morte
    Eu sou cara meio chato, sei lá mas eu sempre gosto de ter minhas coisas. Se eu gosto de um filme e o preço tá bom, certamente o DVD vai para a minha prateleira, mesma coisa com livros, quadrinhos e mangás.
    E o pior que raramente empresto alguma coisa, e mais difícil ainda é eu pegar algo emprestado.
    *Egoísmo detected* hehehe

    @Leckard
    Cara, depois que você ler o mangá de Gantz, duvido muito que algum dia vai querer ver o anime de novo.
    Outro dia mesmo fui tentar assistir e achei insuportável pelo excesso de cores. Por incrível que pareça o preto e branco funciona bem melhor para Gantz.
    Berserk eu até pensei em colecionar, mas o mangá é publicado desde 1988 no Japão e não tem cara de que vai acabar tão cedo...

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.