18 de mai de 2010

As distribuidoras nacionais e seus péssimos títulos

Caros amigos do Vai Assistindo, hoje não venho trazer nenhuma resenha, mas resolvi escrever sobre algo que me incomoda profundadmente: os títulos de filmes lançados em território nacional.

Se tem uma coisa que eu gostaria de saber, é qual o critério utilizado pelas distribuidoras nacionais na escolha dos títulos dos filmes distribuídos no país. Mesmo depois de pesquisas, materias lidas em outros sites, etc e mais etc...,
E mesmo com toda explicação que li sobre regionalização, aspectos estruturais da narrativa e blábláblá, ainda assim não dá para entender porque muitas vezes não é feito apenas uma tradução literal ao invés do uso de algum título esdrúxulo, sendo que na maioria dos casos o título original irá soar melhor, condizendo exatamente com aquilo que o telespectador irá assistir.



Sei que em muitos casos uma tradução literal não faria sentido algum em nosso idioma, mas tem cada título absurdo que muitas vezes nos deparamos que fiz uma pequena seleção de alguns filmes de terror batizados péssimamente em nosso país.

-O Massacre da Serra Elétrica (The Texas Chainsaw Massacre)
Imagine a cena: Leatherface correndo atrás de uma vítima com sua serra elétrica fazendo um barulho assustador. A vítima é encurralada sem ter para onde fugir, e no momento em que o psicopata vai dar o golpe final, a serra para de funcionar. Ele olha para trás e vê que o fio da serra elétrica alcançou seu comprimento máximo e o plug saiu da tomada.
A vítima consegue fugir...
Se conseguir imaginar a cena, vai entender o absurdo do título que deveria se chamar O Massacre da Motoserra do Texas.

-Quadrilha de Sádicos/Viagem Maldita (The Hills Have Eyes)
Parece que nem com duas oportunidades as distribuidoras conseguiram acertar o nome do filme que deveria se chamar As Colinas tem Olhos, que traduz exatamente o que se passa no filme: pessoas que são observadas em um lugar com colinas.
Pior ainda foi o destino da sequência de Viagem Maldita, a distribuidora provavelmente se encontrou em um dilema já que The Hills Have Eyes 2 não tinha nenhuma viagem...
Resolveram tascar um Retorno dos Malditos.

-Aniversário Macabro (The Last House On The Left)
Pergunta: Como um filme que deveria se chamar A Última Casa À Esquerda consegue se transformar em Aniversário Macabro?
Resposta: Só porque a mocinha do filme estava de aniversário resolveram colocar esse nome ridículo.
Pelo menos o remake de 2009 foi distribuído aqui com o nome de A Última Casa, faltou o "À Esquerda" é verdade, mas é quase o nome certo.

-Exército do Extermínio/A Epidemia (The Crazies)
Mais um caso onde tiveram duas chances, e ainda assim não conseguiram acertar o nome do filme. Talvez pensaram que o público brasileiro não era inteligente o bastante e iria pensar que o filme Os Loucos se tratasse de uma comédia.

-Espíritos: A Morte Está Ao Seu Lado (Shutter)
Este recebeu um nome bem comercial e sensacionalista, mas confesso que ficaria estranho uma tradução literal para Shutter. Shutter nada mais é do que o obturador de uma câmera fotográfica (no filme o protagonista tira a foto de um espírito, por isso o nome). Ficaria realmente estranho um filme com o nome de Obturador, no entando acredito que com um pouco de criatividade poderiam bolar um nome melhor, que tivesse a ver com a idéia do filme que é fotografia.

-Espíritos 2: Você Nunca Está Sozinho (Alone)
Esse título é mais picareta do que o anterior.
Pelo simples fato de "Espíritos: A Morte Está Ao Seu Lado" ter sido um sucesso comercial, então vamos pegar o próximo filme dos tailandeses responsáveis por Shutter, e vamos lançar como Espíritos 2, mesmo que esse filme não seja uma continuação.

-Pânico Na Floresta (Wrong Turn)
Este é um caso que certamente entrará para os anais dos piores títulos de todos os tempos...
Em 2003, Wrong Turn (algo como Caminho Errado) veio para o Brasil pelas mãos da PlayArte com o péssimo título de Pânico Na Floresta...
Em 2007, é feito um Wrong Turn 2, mas não será a PlayArte quem distribuirá o título, logo arrumam um filme qualquer chamado Timber Falls e batizam de Pânico Na Floresta 2 na tentativa de enganar o consumidor desavisado, que pensará estar assistindo uma continuação. Também uma tentativa de sacanear a distruidora concorrente (Fox) que lançará a verdadeira continuação.
A Fox em uma estratégia maluca, ao invés de lançar o seu título com uma tradução mais coerente, então batiza o seu Wrong Turn 2 como Floresta Do Mal.
Resultado: Uma suruba de florestas que ninguém entende...

Claro que tem muito mais filmes com nomes ruins (até piores que esses), comentei somente esses pois foram os primeiros que lembrei (e também porque o texto ficaria muito longo).
Mas acredito que esses poucos exemplos já sejam mais do que suficiente para demonstrar que as distribuidoras de filmes no Brasil insultam o tempo todo nossa inteligência.
E você, o que pensa a respeito?

Um grande abraço a todos e até a próxima!

29 comentários:

  1. Putz, ÓTIMO assunto, João!!!

    Comentei isso com a Ninne um tempo atrás, num dos posts que ela fez. Realmente, certos títulos não fariam o menor sentido se fossem traduzidos literalmente, mas 90% dos filmes têm o título massacrado (por uma serra "elétrica", né? xD) ou então realmente acham que a gente é burro.

    O mais comum de acontecer é lascarem "qualquer coisa do mal/do medo" ou "terror/horror em tal lugar" ou "a maldição do raioqueoparta". O da motoserra é o cúmulo do absurdo.

    Você citou os dois que considero os maiores FAILS da historia da tradução de títulos no Brasil: o Espíritos e o Wrong Turn (que de tão confuso nem sei o que coloco como o nome original dele :P).

    Tem vááários outros exemplos, tipo O Grito (The Grudge), Assombração (Re-Cycle) e até mesmo O Chamado (The Ring), mas não são casos tão graves.

    Sempre cito dois que não entendo por que teve tanto mimimi e por que não colocaram logo de cara a tradução literal: Terror em Silent Hill (Silent Hill) e dois entre si, A Herança (The Eye) e Visões (The Eye 2). O maldito apelo comercial fala mais alto.

    Acho que deu pra entender o que penso a respeito XD

    Fico só pensando QUAL seria o título traduzido se Jacob's Ladder saísse no Brasil...

    ResponderExcluir
  2. Omar Motta do Vale18 de maio de 2010 11:37

    São dorgas manolo!!! Só pode ser (ou então um retardo mental sem precedentes, mas ainda acretido piamente que são dorgas!!!Hiahiahiahia!!!).

    ResponderExcluir
  3. USAUSHAUSHUSHASUAH Cada titulo eim,mais''Wrong Turn'' é um rolo de floresta que ta louco... pior que titulo Brasileiro só titulo Português ...

    Evil Dead = Uma noite alucinante

    Ou seja,uma noite com muitas doooorgas!Só pode,com um titulo desse ...

    ResponderExcluir
  4. Excelente postagem João! xD

    Essa confusão com títulos é uma dorga mesmo. Parece que eles nem assistem direito e logo colocam um título idiota (Sorte do "Cujo" que não teve seu título traduzido para "Cachorro do Mal" ou "Um Cachorro Muito Doido").

    Outro que fiquei com muita raiva da tradução foi o The Grudge (O Grito). Já escutei várias pessoas falando "Aí, aquele filme é uma droga! E de grito ñ tem nada!". Aaaaff...¬¬ O nome é O Rancor, que é basicamente tudo o que envolve o filme.

    A Tale Of Two Sisters, que seria "O Conto das Duas Irmãs" (aliás um belo título), virou "Medo". ¬¬'

    Até quando os títulos dos filmes serão feitos de maneira tão idiota?

    James

    Nem precisa pensar, Jacob's Ladder virou Alucinações do Passado. hsuahsuahsuahsuhau
    (mto bom esse filme aliás. Pretendo escrever sobre ele aqui no blog xD).

    ResponderExcluir
  5. @James Sunderland
    No filme Silent Hill, acredito que pensaram o seguinte: Se traduzirmos, quem conhece o jogo não vai associar, se deixarmos só o título em inglês, quem não conhece o jogo e não sabe inglês não vai dar bola, então vamos tascar um Terror aí antes do título.
    "O maldito apelo comercial fala mais alto"
    Você resumiu tudo com essa frase.
    Eu até pensei em mencionar Ring, mas esse é um título meio problemático de se traduzir, pois envolve um trocadilho no nome, pois Ring além de significar ligação telefônica, também é uma menção a anel/círculo, uma alusão ao desenho do círculo do poço da Sadako (me nego a chamar de Samara).
    Algo semelhente aconteceu a Saw, mas aí apelaram legal e virou Jogos Mortais (puts).

    @Ninne
    "Até quando os títulos dos filmes serão feitos de maneira tão idiota?"
    Ao que tudo indica isso não vai terminar nunca. Desde os primórdios da distribuição isso acontece...

    Esse Jacob's Ladder/Alucinações do Passado não conheço e nunca tinha ouvido falar. Vou procurar para assistir. Espero que seja sua próxima resenha Ninne.

    ResponderExcluir
  6. @Ninne

    PUTZ, acredita que eu esqueci que já tinha tradução? xD
    Sério, tô tão acostumado a chamar ele de Jacob's Ladder que nem lembro. Aliás, como traduziram o nome se ele nunca saiu no Brasil? O_o
    Ou ele só não saiu em DVD, mas saiu em VHS?

    SIM!!!! Escreva sobre ele aqui! É uma das obras primas da humanidade e pouca gente conhece (isso ajudou a ter status de cult :P)

    @João
    É, pensei nisso quanto ao Silent Hill, mas ainda detesto esses "Terror em qualquer lugar".

    Caaaara, você precisa assistir Jacob's Ladder!!! Foi uma das obras que mais influenciou Silent Hill, mas fora isso (e como se não bastasse) é uma coisa cavalamente perfeita! Aliás, todas as obras que influenciaram SH são muito boas, por isso o jogo também era bom quando sabiam que referências usar.

    ResponderExcluir
  7. Otimo post João, realmente é de dar tristeza esses titulos trocados, porem na verdade esse é um mal que vem a anos e anos entrando na mente dos brasileiros, resultando no seguinte: se vc vai a uma locadora e quer um filme de terror vc deve obrigatoriamente procurar por palavras que lembrem medo, terror, horror, medo(obvio),maldito, madição, inferno, sangue, etc e tals...
    Tenho certeza que antigamente o apelo comercial iniciou tudo isso, hj em dia poderiamos ver uma mudança já que com a internet as pessoas conhecem o titulo original antes de estragarem na tradução. Porem em minha opinião isso ainda não é feito pelo simples fato dos tradutores acreditarem que as pessoas ainda estão hipnotizadas pela forma antiga de pensar.

    Esse é um ponto de vista, porem existe outro ainda mais triste. Os tradutores não fazem a minima ideia do que estão fazendo ! Vou citar um triste exemplo que foge do tópico terror mas explica bem como é feita as traduções:

    A alguns anos eu estava assistindo a um episódio dos simpsons, nesse episódio aparecia a atriz Lucy Lawless do seriado Xena. Pois bem, sabe como ela era chamada ? Lucy Sem Lei !!! Pasme !!
    Os tradutores não tinham a menor ideia de quem era Xena ou Lucy Lawless, e ainda pior não sabem a mais basica das regras~, "NÃO SE DEVE TRADUZIR NOMES PRÓPRIOS".

    Enfim, estamos fadados e ver titulos bizarros durante muitos e muitos anos que estão por vir.

    Como o nosso amigo James disse: "O maldito apelo comercial fala mais alto"

    Um abraço a tds !

    ResponderExcluir
  8. Obs: Jacob's Ladder influenciou SH??? Vlw a dica James, vou começar a procurar esse filme !

    ResponderExcluir
  9. @Frank
    Bem lembrado, The Evil Dead também participou de uma surubinha de nomes.
    The Evil Dead II, estreou no Brasil antes do primeiro filme, e aqui recebeu o título de Uma Noite Alucinante.
    Já The Evil Dead I, foi exibido nos cinemas como Uma Noite Alucinante parte 1, mas ao ser distribuído em vídeo, recebeu uma tradução equivocada como A Morte do Demônio.
    Então a lambança oficial ficou Evil Dead I, A Morte do Demônio
    Evil Dead II, Uma Noite Alucinante e Army of Darkness Uma Noite Alucinante 3.

    Pena eu não ter lembrado desse caso para colocar no texto.

    ResponderExcluir
  10. O jeito d solucionar isto e' bem simples. Basta criarem uma lei q OBRIGA as distribuidoras a sempre traduzirem o titulo d qq filme literalmente, so sendo permitido mudar em casos q nao fazem sentido em portugues,como "Shutter","Saw" e "Inside" ( q virou a invasora,para mim melhor q o original). Mas claro q essa lei nunca sera feita,pq o Brasil trata-se de um pais q nao presta e q nao tem lei nenhuma,td mundo rouba e ninguem vai preso. Se criassem,ela nunca seria respeitada e no fim nao aconteceria nada com os tradurores. Uma pena...

    ResponderExcluir
  11. @ Leckard
    Caceta, eu quase rachei de rir quando você mencionou isso dos Simpsons.. Lucy Lawless virou Lucy Sem Lei! Eu não tinha conhecimento disso fazem anos que não assisto Os Simpsons.
    Essa regra de não traduzir nomes próprios devia valer para os livros de História, eu sempre me perguntava como era possível existir um Francisco Ferdinando na Áustria..Só anos mais tarde eu descobri que era um "aportuguesamento" de Franz Ferdinand.

    @Gabriel
    Na verdade acredito que a maneira mais simples de se resolver o problema poderia partir do estúdio responsável pelo filme. Existem casos que em decisões contratuais o autor da obra exige que a mesma seja distribuida com o seu nome original. Um bom exemplo é o Guerra nas Estrelas, que desde seu relançamento George Lucas exige contratualmente que seus filmes sejam distribuidos como Star Wars. Outro caso recente foi o de Brokeback Mountain, onde o diretor Ang Lee exigia que o título do filme contivesse as palvras Brokeback Mountain.
    Mas são casos raros, acho mesmo que os grandes estúdios pouco se importam o título que seus filmes recebem, querem mesmo é vender o seu produto para a maior quantidade de pessoas possível.

    ResponderExcluir
  12. Uma dica de video para você postar no blog:

    http://www.youtube.com/watch?v=rrpNFrc7J50

    Achei no youtube, é um filme de terror baseado em The Sims! Muito comedia!!!


    Do dono do yugiohvicio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Só uma coisa... PARA MIM, "O Massacre da Serra Elétrica" está certíssimo. Desde quando "elétrica" está ligado diretamente a tomada? Agora uma moto com partida elétrica tem que ser ligada na tomada para poder dar a partida? FAIL ai manolo.

    ResponderExcluir
  14. Em 2009 saiu o Wrong Turn 3. Como será que eles vão traduzir? Terror na Floresta, Floresta maligna? ai ai ai sem comentários esse povo.
    Uma das coisas que eu tambem acho o fim da picada são os subtitulos nacionais. Sâo sempre idiotas e não acrescentam nada. ""A Morte Está Ao Seu Lado" , "Você nunca está sozinho" , "O retorno do mau", realmente alguem não tem noção do ridiculo.
    Mas voltando ao tópico, tem varios titulos péssimos. Algumas até que tem algo a ver com o filme, mas vendo o nome original dá ate vontade de chorar.
    Um filme que não é de terror, mas eu sempre lembro é Shane(o nome do protagonista), "traduzido" como o nome tosco de "Os Brutos Tambem Amam".
    Mas com certeza os filmes de terror são as vitimas favoritas dos tradutores. Tem From Dusk Till Dawn que ficou Um drink no Inferno,The Final Destination que virou Premonição, 28 days later , Exterminio - e o 28 weeks later ficou com o "original" nome de Exterminio 2 , The Stand virou Dança da Morte (???) entre muuuuuitos outros.
    O caso da Lucy Lawless foi demais tambem. MAs eu ri mesmo com o Francisco Ferdinando, huauauhauhauhahu
    Beijinhos ;D

    ResponderExcluir
  15. @Anonimo
    Eu tenho uma motocicleta, ela tem partida elétrica, ela pode ser chamada de moto elétrica? Lógico que não, ela possui motor a combustão ou seja não é movida por eletricidade.
    A mesma coisa uma motoserra, que nem sei se é existe algum modelo com partida elétrica, mas mesmo que existisse continuaria sendo movida por motor a combustão, logo motoserra e não serra elétrica.
    E mesmo que meus argumentos não valham pra você, ainda assim pode procurar a tradução de chainsaw.
    Fail pra você Anônimo.

    @Maine
    Wrong Turn 3 saiu como Floresta do Mal: Caminho da Morte.
    Na verdade eu acho que os filmes terror empatam com os de comédia...Já reparou quantos "Por Acaso", "Por Acidente", "Da Pesada" tem a solta por aí? É de doer.
    Quanto ao The Stand, a culpa não chega a ser da distribuidora do filme, pois em casos onde o filme é inspirado em um livro, as distribuidora costumam lançar o filme com título da edição nacional. Nesse caso tem que culpar a editora mesmo.
    Aliás as editoras também são outras que fazem lambança na tradução de títulos de livros.
    Obrigado pela visita e volte sempre.

    ResponderExcluir
  16. @João do caminhão
    Já saiu Wrong Turn 3?nem vi,rs. E provavelmente nem vou ver, rs.
    É, sou obrigada a concordar, os de comédia tambem sofrem, mas se é feito para rir, pq não começar pelo nome? rs
    As editoras são um caso serio. Alem do titulo, adoram traduzir nomes proprios e picotar textos. O melhor mesmo é ler/assistir na lingua original. Infelizmente nem sempre é possivel.
    Beijinhos ;D
    PS: The Funhouse virou.... Pague para entrar, reze para sair(!)

    ResponderExcluir
  17. Motoserra em inglês = chainsaw
    Serra elétrica em inglês = chainsaw

    Procure a tradução e veras.

    Ai tambem entra o lance de semântica: O que ficaria melhor, "O Massacre da Motoserra" ou o "O Massacre da Serra Eletrica".

    Logo, não tem nada de errado com o titulo...

    "E mesmo que meus argumentos não valham pra você, ainda assim pode procurar a tradução de Serra Elétrica.
    Fail pra você Jaum"

    ResponderExcluir
  18. @Leckard
    Influenciou sim cara, e muito! Se a Ninne e o João me permitem falar, em off aqui, dá uma passada no meu site (clica no meu nick), na seção de Artigos tem um falando sobre as influências de SH e as obras que lembram o jogo de alguma forma. Jacob's Ladder foi uma das que mais influenciou, senão a que mais influenciou (ao menos até o 3º jogo).

    @Anônimo
    Uma moto com partida elétrica é chamada assim porque é exatamente a partida que é elétrica, ou seja, é ligada a uma bateria. A moto em si não precisa de eletricidade, como o João disse o motor é movido a combustão. Já a serra (ao menos a do filme) é daquelas de "puxar a cordinha", ou seja, além de tudo ainda possui partida mecânica. FAIL pra tradução sim XD~

    @todos (-q)
    Os outros casos são mais tristes ainda, tem muitos nomes ridículos, daria pra encher uns 5 posts só com uma listinha :P

    ResponderExcluir
  19. @Anonimo
    Tá bom cara, você ta certo e o resto do mundo tá errado, desde que me conheço por gente as pessoas reclamam dessa tradução, mas tudo bem obrigado por abrir meus olhos para meu erro (e o do mundo inteiro).
    Obrigado pela visita e volte sempre.

    @Maine
    É Wrong Turn 3 saiu sim, mas eu também não vi, e nem quero ver também.
    "As editoras são um caso serio. Alem do titulo, adoram traduzir nomes proprios e picotar textos"
    Harry Potter que o diga...

    @James
    Realmente, se fosse pra mencionar todo título que lembramos a coisa ia ficar imensa.

    ResponderExcluir
  20. De nada Jaum!
    Fico feliz em ter te aberto o olho e o do resto do mundo tambem!

    As ordens

    ResponderExcluir
  21. ótima postagem. A do aniversário é a pior de todas eu acho! Esses dias vi um que era All about Steve (se lembro bem) e o nome em português era Maluca Paixão, tipo TUDO a ver! hahaha


    www.seuwebsitenainternet.com.br

    ResponderExcluir
  22. alimentando a discussão existe outros exemplos "dantescos" de "adaptação" para tornar mais vendável. Por exemplo....

    Aquele filme terrível com o marty lawrence o eddie murphy chamado "LIFE"... chegou em terras tupiniquins como "ATÉ QUE A VIDA NOS SEPARE"....quem foi o digníssimo que cometeu essa afronta?

    tem outros casos clássicos: A NOVIÇA REBELDE, OU SERIA O SOM DA MÚSICA....como no original..

    de qualquer forma as vezes a distribuidora acha o ponto como no caso do filme de faroeste "DUAS MULAS PARA A IRMÂ SARA"...também conhecido no Brasil como "OA ABUTRES TEM FOME"!!!

    ResponderExcluir
  23. O pior mesmo é quando eles "estragam" a surpresa do filme. Que tal traduzir "mulholland drive" como "a cidade dos sonhos"... Fazer isso seria como se tivessem traduzido "the sixth sense" como "o menino e o fantasma". Já pensou?!

    ResponderExcluir
  24. @João
    É, eu pensei em Harry Potter qdo escrevi,rs.
    Um caso dantesco de cortes,foi o do Coisas Frágeis do Neil Gaiman. O publicado aqui saiu com menos da metade das páginas do original! E logico, sem nenhuma nota avisando que "alguns" contos foram cortados. A idiota aqui recebeu um e-mail da própria editora com o conto Os outros, deste livro. Ficou maravilhada e assim que pode, comprou. E para a sua surpresa, cade o conto??? Alem de tudo, foi propaganda enganosa. Se bem que eu acho que eles aprenderam a lição. O Neil Gaimam veio para o Brasil para o lançamento e adivinhem que conto ele quis ler??? Os Outros! Só ai, ele descobriu que tinham picotado o livro e excluido exatamente este. Não se deixou abater e leu o conto inteiro! E o pessoal da editora ficou com cara de .....

    @Anônimo
    É, os faroestes tambem sofrem... é uma "tradução" pior que a outra

    Beijinhos ;D

    PS:Dead Silence virou Gritos Mortais(!) Alem de mudar o titulo, ainda tasca um grito!
    Completando o 1º comentario do James - qualquer coisa do mal/do medo e mortal!! rs

    ResponderExcluir
  25. "The Graduate" sai aqui como " A Última noite de um homem".

    ResponderExcluir
  26. @Todos

    Agradeço a todos que visitaram ao blog, leram o texto e participaram nos comentários.
    Foi bastante construtivo ler a opinião de todos.

    Um grande abraço e voltem sempre.

    ResponderExcluir
  27. Tem também o filme "Underworld"(que significa "Submundo",em português)que aqui virou "Anjos da Noite".

    ResponderExcluir
  28. Eu acho que o pessoal acha que o povo brasileiro é burro, pq SAW virar JOGOS MORTAIS?

    ResponderExcluir
  29. Um título que me enfureceu muito foi o de ''O Chamado''. O título se refere ao telefonema que as vítimas recebem ao morrer. Mas esse não é o foco do filme e o caso do telefonema foi muito pouco explorado no filme, fazendo com que o telefonema da Samara não merecesse ter ganhado o título do filme.

    O Chamado, tanto o Japonês quanto o americano se traduziria ''Anel'', ''Círculo'' ou ''O Anel'' se referindo a imagem do eclipse que se forma ao fechar a tampa do poço quando Samara quase é assassinada. A imagem do tal eclipse está presente do começo até o final do filme e acho que ficariam bem melhor esses títulos:
    O Anel
    O Eclipse (nada a ver com Crepúsculo, heim?)
    A Fita Maldita
    Qualquer título que fizesse referência ou ao círculo ou à fita.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.