17 de abr de 2010

Alone in the Dark

Título Original: Alone in the Dark
Título brasileiro: O Despertar do Mal
País de Origem: E.U.A
Tempo de Duração: 96 min
Ano de Lançamento: 2005
Direção: Uwe Boll


Elenco:   
Christian Slater (Edward Carnby); Tara Reid (Aline Cedrac); Stephen Dorff (Comandante Burke); Frank C. Turner (Fischer); Matthew Walker (Prof. Hudgens); Will Sanderson (Agente Miles); Mark Acheson (Capitão Chernick); Darren Shahlavi (John); Karin Konoval (Irmã Clara); Craig Bruhnanski (Xerife dos anos 80); Kwesi Ameyaw (Deputado Adams); Catherine Lough Haggquist (Krash); Dustyn Arthurs (Edward Carnby - jovem)


Sinopse: Edward Carnby (Christian Slater) é um investigador particular especializado em casos sobrenaturais. Após a súbita morte de um dos seus amigos, ele inicia uma investigação por conta própria em busca de respostas. Porém à medida que se aproxima da verdade Edward traz à tona fatos do seu próprio passado, que fazem com que ele corra risco de vida.


Vai Lendo!


Hoje, a Morte, depois de séculos sem postar nada no Vai Assistindo e morrendo com provas que ainda não acabaram, estou aqui para falar sobre um filme que, não é bom, é mal dirigido e tem péssimos atores, mas que foi baseado em um dos melhores jogos de survival horror da face da Terra, o nosso querido pai Alone in the Dark!

Alone in the Dark ou O Despertar do Mal (aqui no Brasil, argh) é um filme de longas uma hora e meia, que foi dirigido pelo diretor Uwe Boll. Bem, como todos podem conhecer, Uwe Boll nunca foi um diretor famoso por fazer um filme bom, mas sim, por fazer filmes PÉSSIMOS!

Uma crítica que eu acho muito boa é do Alexandre Koball (que fez a crítica em 2006 no site Cine Players), lá ele diz:


"Além de fazer filmes ruins, Boll também é especialista em frustrar fãs de vídeo-games, ao estragar jogos populares com produções “B” (de “barato” e agora de “Boll”) do pior nível. Aconteceu isso com House of the Dead (na realidade não fazia muito sentido adaptar esse jogo para um filme, de qualquer forma), com Alone in the Dark, um grande clássico estuprado pelo diretor (os motivos estarão citados mais para baixo) e acontecerá isso com Far Cry e Postal, filmes que ele dirigirá a partir de 2007. Podem me cobrar depois. Para quem não sabe, nos games, Alone in the Dark foi a principal inspiração para a famosa série Resident Evil, sendo muito mais assustadora, embora menos popular."

O filme conta a história inicial do quarto capítulo da série Alone in the Dark IV: The New Nightmare, onde um investigador sobrenatural está atrás do assassino de seu melhor amigo, e nisso ele é levado para uma ilha onde existe uma enorme mansão, onde escondem terriveis mistérios e monstros sobrenaturais.

O que eu posso dizer sobre esse filme?
Bem, não há o que dizer, é um filme extremamente ruim e acabou com a dignidade do jogo Alone in the Dark.

O filme não tem nem pé nem cabeça, tem a sinopse do jogo, mas não conta como deveria.
A história conta que Edward Carnby descobriu um importante artefato na América do Sul (elaia, praticamente aqui no Brasil) que pode dar um passo enorme para os estudantes do sobrenatural desvendrem segredos de uma civilização super antiga, e nisso faz com que Edward descubra algumas informações sobre seu passado e que o colocarão em risco de vida!

Naaaa verdade, o enredo do filme é o cúmulo do absurdo e causa confusão desnecessária, porque ele não conta nada que tem a ver com o jogo que o originou. Bem pelo contrário, não NADA sobre Alone in the Dark e nem sobre "estar sozinho no escuro" que é um dos principais temas abordados pelo jogo.
O filme só foi feito pra difamar mais os jogos e deixarem os fãs frustrados ao cubo! Todas as cenas não passam de uma ação porcamente feita e com horriveis criaturas computadorizadas em quinta categoria!

Acho que vocês devem ter entendido o que eu disse né?
Nunca vejam filmes do Boll! NUNCA!

Agora um pouco sobre o jogo que iluminou a alma desse filme maldito:

Alone in the Dark é um jogo de computador produzido pela Infogrames em 1992, que trouxe ao mundo dos Games, um novo gênero, que é o de Survival horror!

O jogo foi perfeitamente bem feito, com umbom enredo, ótimos cenários, trilha sonora perfeitamente assustadora e gráficos muito bons para a época, já que a capacidade dos computadores nessa época era bem limitada.

A história do primeiro título começa quando Edward Carnby, um detetive de casos sobrenaturais, é contratado por Emily Hartwood para investigar a causa do suícidio de seu tio, Jeremy Hartwood, que foi encontrado morto no sotão de sua mansão, chamada de "Mansão Decerto". Chegando na mansão, Carnby e Emily, viram que a morte de Jeremy, talvez, não fosse mesmo um mero suícidio.

Alone in the Dark marcou época e é considerado o Pai dos jogos de Terror! Graças a ele, que sucessos como Resident Evil e Silent Hill tenham existido! Agradeçam ao pai todo poderoso Alone in the Dark! Amém! HUSHUS

É particularmente um dos meus jogos preferidos, atrás de Resident Evil. Eu só joguei o penultimo episódio da série que o The New Nightmare, que saiu para PS1 e uma versãozinha melhorada para PS2 (é a mesma coisa, só é pra plataformas difernetes). O jogo é comprido, tem dois cds. Existem muitos puzzles difíceis nesse jogo, e vários monstros terrivelmente feios e fantasmagóricos!
A mansão e todos os cenários são muito macabros e em qualquer canto você pode encontrar algum morto ou um monstro querendo lhe tirar a vida! O legal é que de vez em quando os raios estourando luz pelas janelas e quando isso acontece, vários monstros aparecem piscando junto da luz, nisso faz que você fique com o cu na mão! HSUHSUHSUHSUS

Outra curiosidade é que esse jogo foi traduzido para portugues brasileiro! o/

É um dos melhores jogos que eu joguei na vida, e vale a pena vocês verem!
Pena que o mesmo não aconteceu com o filme né... ¬¬

Bom, é isso, vou deixar um trailer do filme para vocês e um do jogo!
Beijos na bunda e até segunda! o/


Trailer do jogo:




E o trailer do filme...





14 comentários:

  1. Tem Stephen Dorff e Nightwish na trilha sonora, então pra mim não é de todo ruim.

    O jogo é realmente muito bom, foi muito bem sacado o negócio de poder escolher dois personagens e cada um tem um roteiro próprio e para progradir precisa de ajudarem simultaneamente. É muito legal quando você termina o jogo ter a possibilidade de começá-lo de novo mas com outro personagem e fazendo coisas diferentes. É quase um jogo novo.

    ResponderExcluir
  2. GRAÇAS AO BOM DEUS eu nunca assisti o estupro, digo, filme. Nem nunca fui torturado assistindo a nenhum filme do Uwe Boll (é incrível, até ao pronunciar o nome dele parece que a gente tá gorfando! xD).

    Quanto aos jogos, infelizmente eu só joguei o The New Nightmare; já vi os anteriores (cheguei a "semi-jogar" o AitD 3) mas o PC da senzala era podre e eu parei XD
    Gosto MUITO do TNN e acho que deveria ser obrigatório aos que gostam de Survival Horror. Quem não conhece não sabe o que está perdendo!!

    Acho que o The New Nightmare tem um "q" que falta em MUITOS jogos ditos "modernos", que ficam se achando por terem gráficos de ponta mas cuja história/enredo são um lixo. Depois ficam de mimimi reclamando que os jogos não vendem, ou acham ruim quando os fãs criticam por sobreviverem só de REMAKES (né SH? ¬¬").

    Uma das coisas e das partes que mais gosto no AitD TNN é o uso da lanterna.

    *atenção! possível "spoiler"!*

    Principalmente na parte onde você usa aquela lente azul pra encontrar rastros de sangue no chão, é muito criativo!!
    Os gráficos são muito bons também, especialmente dos cenários (que são pré-renderizados). Da trilha sonora eu nem falo nada, é excelente!

    Enfim, JOGUEM Alone in the Dark!! Aos mais novos, larguem de ficar pasmando com RE5 e SH "Shitted Memories" e voltem a jogar um Survival Horror de verdade, o pai de todos! \o/

    ResponderExcluir
  3. hahahaha Esculachou bem o filme eih !
    "Nunca vejam filmes do Boll! NUNCA!"
    Alias bom dia XD

    Já assisti esse filme e realmente não tem pé nem cabeça,assista Resident evil pelo menos é melhor

    Sou Fã do Uwe Boll ninguem conseguiu ser tão ruim a ponto de ter uma lista online para ele parar de fazer filmes lol

    ResponderExcluir
  4. Ah por falar nisso recomendo você dar uma olhada no filme Shaun of the dead
    e no Anime Ghoust Hunt
    e nos mangás Dark Metro e High school of the dead

    São muito bons

    ResponderExcluir
  5. Ficou excelente a postagem! huahauhau
    Realmente, NÃO percam tempo assistindo filmes do Uwe Boll, é sempre um lixo. ¬¬'

    Tbm já joguei The New Nightmare (na verdade joguei um pouco, mas acompanhei meu irmão jogando do início ao fim), lembro que na época fiquei impressionada com os gráficos, pois para um PS1 era muito bom mesmo!

    A história é bem legal e tem muitas partes assustadoras... =S De certo modo, acho bem mais assusta dor que RE...

    Dos outros Alones só joguei um pouco as primeiras versões pra PC. O bonequinho quadrado, os lobos (cachorros, sei lá!) em forma de cone...huahuahauahu...era bem bizarro, mas até divertido. =P

    Efim, ótima postagem! Quero ver um crítica sobre a trilogia RE tbm *¬* (como odeio essa trilogia...¬¬...huahuahau).

    ResponderExcluir
  6. Obrigada Ninne! *-*
    Vou ver o que eu faço pra trilogia do RE! MUAHHAHHA

    de fato, AitD é o pai dos jogos de terror, seria bom que todos que gostam de video game, pelo menos jogassem o AitD TNN!

    Ah, Rafael Riva... Eu já assisti Shaun of the dead e é um dos meus filmes de zumbis preferidos!
    Os animes que você disse, eu assisto todos tbm, e recomendo a todos!

    ResponderExcluir
  7. Eu realmente me espantei quando abri a página e me deparei com Alone in the Dark.

    Geralmente encontramos bons filmes, e realmente assusta ver Uwe Boll em qualquer lugar =)

    Por um lado os filmes dele, são bem ruins.. Por outro, são tão ruins, mas tão ruins, que me rendem muitas risadas >.<

    Shaun of the Dead mencionada novamente, onde fazemos um abaixo assinado pra ve-lo aqui!? =p

    ResponderExcluir
  8. Meu primeiro contato com alone in the dark foi com o Game Alone In The Dark: Ghost In Town que saiu se não me engano junto com o jornal Estadão dos domingos aqui em sampa acho que em 98, um otimo jogo que me fez ver o lado escuro dos games, dps joguei a versão de PSX e curti muito, agora o filme, pelo amor, nem vc sendo fan vc consegue curtir, não foi que nem com Resident Evil que você engole muitas coisas só pra continuar, em Alone in the Dark, eu simplesmente desliguei o DVD e fui dormir, sozinho no escuro xDD

    ResponderExcluir
  9. Ah,a trilogia Resident Evil nao e' tao ruim assim. Nao chega aos pes dos jogos,claro,assim como Silent Hill. Mas o 1 e o 3 sao bons. So' o 2 q eu odiei. Gostaria q fizessem uma postagem sobre a melhor e mais assustadora franquia d videogames ja feita , FATAL FRAME. Esses jogos sao perfeitos e eu adoro tds,especialmente o 3(o dos pesadelos e da tatuagem). Eu tenho wii e estava esperando o 4 chegar,mas infelizmente isso nao vai acontecer..... e' uma pena,um jogo tao legal... so me resta acompanhar no youtube mesmo.

    OBS:desculpem meus erros d portugues,meu teclado e' americano e nao tem varios sinais.

    ResponderExcluir
  10. vou ver o que eu escrevo sobre o fatal frame, mas eu acho que vcs vão "chocar" com o filme que fizeram sobre esse jogo >XD

    ResponderExcluir
  11. Filmes baseados em jogos normalmente ficam horriveis, mas claro q escapa um ou outro, Silent Hill é legal tem um bom clima e respeita bem o jogo, coisa rarissima nos filmes. Resident Evil...Putz... ta ai uma seguencia de filmes nos quais eu tenho absoluto odio !! O primeiro é ruim, é legal ate a mulher mais mala dos filmes resolver virar faixa preta e destruir zumbis girando o pé. O segundo...putz...no segundo ela vira Ninja (não baixa ser faixa preta) e putz o Nemesis kkkkk o Nemesis vira uma especia de Mike Tyson zumbi tentando lutar boxe com ela ( odio...muito odio...). Ai vem o terceiro filme onde a mulher mala resolve que não basta ser ninja, tem q ser Jedi (poderes mentais...aff) Eu nem sei pq vejo RE acho q é só pra reclamar rss
    Em relação a filmes do Uwe Boll, aff...eu era uma criança tola que fui a locadora tentar achar um filme de zumbis o qual eu ainda não havia visto, e me deparei com House of the dead...dificil explicar...eu virei um vegetal completo, ficando paralisado e incapaz de sequer alcançar o controle remoto pra desligar a tortura infinita. Traumatizei por um longo tempo...melhor mudar de assunto que a lembrança tmb me traumatiza rss
    Alone in the Dark é um senhor jogo ! Lembro que o meu jogo pirata de ps1 travava logo apos ele encontrar o avião caido...e eu não sabia se ficava triste por não poder continuar ou feliz por parar de levar susto kkkk
    O filme naum vi, não quero ver, e tenho raiva de quem gosta (simples assim) rss
    Um abraço a tds !

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho a sensação de que o filme deve ser como "A Reconquista", deve ser tão ruim que deve chegar a causar risadas em quem assiste! Eu joguei lone in the Dark 3, que se passava no Oeste Americano, com gráficos antigos e o Carnby parecia o Flanders, dos Simpsons, mas foi divertido!


    Abraços

    http://burrodemais.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Bom, assisti o filme de "Postal" feito por Uwe Boll e gostei bastante (não, não tem quase NADA a ver com o jogo, mas como Postal sempre foi um jogo bem "WTF" vale a pena assistir) :)

    ResponderExcluir
  14. esse sim e o pai nao resident evil como muitos pensam jogos fantasticos merecem ser lembrados

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.