29 de mar de 2010

Parasaito Ivu

Título Original: Parasaito Ivu
País de Origem: Japão
Tempo de Duração: 120 minutos
Ano de Lançamento: 1997
Direção: Masayuki Ochiai

Elenco:
Hiroshi Mikami ... Toshiaki Nagashima
Riona Hazuki ... Kiyomi Nagashima
Tomoko Nakajima ... Sawako Asakura
Ayako Omura ... Mariko Anzai
Goro Inagaki ... Tatsuro Ohno
Hisako Manda ... Etsuko Odagiri
Tetsuya Bessho ... Takatsugu Yoshizumi
Noboru Mitani ... Mutsuo Ishihara
Kenzo Kawarazaki ... Shigeru Kataoka

Sinopse: "O pior inimigo mora dentro de nós mesmos", o filme, dirigido por Masayuki Ochiai, conta a história de Toshiaki Nagashima, um biólogo que faz estudos sobre mitocôndrias quando sua mulher morre em um trágico acidente de carro. Toshiaki em um ato desesperado rouba as células vivas do corpo de sua esposa para injetar suas mitocôndrias experimentais e traze-la de volta a vida. Essa nova mitocôndria toma a forma de seu assistente e usa o corpo do biólogo como hospedeiro para uma nova espécie que ameaça tomar o controle sobre a vida na Terra. 

Vai lendo! 


Parasite Eve é um filme adaptado da obra literária japonesa entitulada Parasaito Ivo (Parasite Eve) escrito por Hideaki Sena.
Bem, esse filme é bastante antigo, eu vi só alguns pedaços e ele não é tão de terror como todo mundo pensa. É uma espécie de filme que mistura testes biológicos e cientifícos com uma coisa meio alienigena. Tá que não tem alienigenas no meio, mãs... Quem já viu aquele filme "Invasores" é quase a mesma coisa, só que o parasita não vem do espaço e sim do doutor desesperado ali.

A história é bem complexa e envolve fatos científicos como a Teoria de Endosimbiose. Esta diz que no passado as mitocôndrias (organelas responsáveis pela produção de energia no corpo humano) eram organismos isolados que, durante a evolução do homem, entraram em simbiose e passaram a ajudar o hospedeiro provendo energia e, em troca, obtendo um meio estável para sobreviver.


Um pouco sobre o jogo que é o coadjuvante da cena...

Bom, a Square sempre foi famosa pelos RPGs que criou sendo a série Final Fantasy o seu principal trabalho.
Em 1998 ela tenta algo totalmente diferente do que estava acostumada a fazer. Baseando-se nesse filme "Parasaito Ivu", veio o jgo de mesmo nome, Parasite Eve, para o Playstation, mesclava elementos de ação, rpg e maravilhosas cenas de CG (computação gráfica) levando ao jogador a experiência de comandar um filme. A maioria dos jogos na época costumava usar as cenas de CG após a conclusão de uma fase ou na apresentação do jogo. Parasite Eve foi um dos primeiros a usar essas cenas em meio à ação.

O que aconteceria se essas mitocôndrias tivessem uma consciência primitiva coletiva e um belo dia resolvessem assumir o controle do corpo humano?

No início do jogo acompanhamos a apresentação de uma ópera no Carnegie Hall, um dos principais teatros de Nova York. Aya Brea, uma policial, é uma das espectadoras. Durante a apresentação uma das atrizes manifesta um poder no palco e logo um surto de combustão espontânea acomete todos no recinto deixando ilesa apenas Aya. Antes de se mandar, essa atriz (Melissa Pearce) conta a Aya algo sobre suas mitocôndrias não estarem plenamente desenvolvidas. Após o confronto a policial sente algo mudar em seu corpo...Um poder estranho começa a se desenvolver.

O jogo não é dos meus favoritos, mas lembra bastante os rpgs (não só por ter que aumentar XP e coisas do tipo, mas por causa da câmera também), e a série Resident Evil, por terem inimigos humanóides meio que "dominados" por um vírus/parasita mortal.
O filme é muito bom, e eu espero que vocês achem para baixar ou coisa do tipo, porque eu só achei ele numa locadora, faz muitos anos. O filme é muito, apesar de ser antigaço! USHUSHUSHUS

Bem, eu não consegui achar o trailer do filme (porque só tem do jogo Parasite Eve) então vou deixar vocês verem os 10 primeiros minutos do filme :D



7 comentários:

  1. Eu lembro do jogo... O.o
    meu irmão invocava com aquilo...hauhauhau
    mas era legalzinho

    não sabia da existência desse filme...vou procurar..

    ResponderExcluir
  2. é bom o filme, velhinho, mas é bom. Lá no blog "Asiam Space" tem ele pra download, mas num tá muito boa a qualidade... Foi o único que eu achei pra baixar D:

    ResponderExcluir
  3. O filme parece ser bom mais na época do PSone eu via esse jogo nas prateleiras de locadoura e sei la meio que ele me ''atraia'' e eu quase sempre queria alugar ele, agora vem vocês e me mandam um post com ele xD

    Vou baixar pra emulador ja,matar a saudade *-*

    ResponderExcluir
  4. eu ainda nao tive a oportunidade ver o filme, o jogo conseguir jogar poucas vezes mais achei a tematica e a historia interessante.

    ResponderExcluir
  5. Cara joguei muito parasite eve...
    era um vicio

    ResponderExcluir
  6. Recentemente estou jogando o Parasite eve no emulador de psx aqui, e por sorte achei este grande blog, que está de parabéns! Adoro filmes de terror e gostei muito do conteúdo do blog mostrando também filmes asiáticos! O pessoal do blog (Até onde li "Morte" e "Ninne" se eu entendi errado desculpa)Está de Parabéns \O/
    Gostaria de pedir se vocês podem falar sobre games de terror também mais isso acho que entra fora do Quesito do site >.<
    Abraço A todos! \O/

    ResponderExcluir
  7. Olá Rafael!

    Muitíssimo obrigada pelo elogio! Espero que vc curta o blog cada vez mais! xD

    Está certo, só faltou falar o Medo B, dono do blog de mesmo nome. Ele tbm escreve aqui no VA.

    A intenção agora é escrever sobre jogos de terror também. A responsável pelas postagens sobre jogos de terror e filmes baseados em jogos de terror será a Morte, dona do blog Vídeo Games Death (http://videogamesdeath.blogspot.com/). Aliás, dê uma olhada no blog dela, tenho certeza que irá adorar!

    Obrigada por comentar tbm! Abraços!

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.