5 de set de 2009

O Nevoeiro (The Mist)

Título no Brasil: O Nevoeiro
Título Original: The Mist
País de Origem: EUA
Tempo de Duração: 126 minutos
Ano de Lançamento: 2007
Estréia no Brasil: 29/08/2008
Site Oficial: http://www.themist-movie.com
Estúdio/Distrib.: Paris Filmes
Direção: Frank Darabont

Elenco: Thomas Jane, Marcia Gay Harden, Laurie Holden, Andre Braugher, Toby Jones, William Sadler, Frances Sternhagen...(para ver lista com elenco completo clique aqui)


Sinopse


Depois que uma violenta tempestade devasta a cidade de Maine, David Drayton - um artista local - e seu filho de 8 anos correm para o mercado, antes que os suprimentos se esgotem. Porém, um estranho nevoeiro toma conta da cidade, deixando David e um grupo de pessoas presas no mercado - entre elas um cético forasteiro e uma fanática religiosa. David logo descobre que o nevoeiro esconde algo sobrenatural e que sair do mercado pode ser fatal. Mas conforme o grupo tenta desvendar o mistério, o caos se instala e fica evidente que as pessoas dentro do mercado podem tornar-se tão ameaçadoras quanto as criaturas do lado de fora. Baseado na obra de Stephen King.

Vai lendo!



Quando comecei assistir O Nevoeiro, não achei que seria muito bom. Sei lá, talvez pelo nome, porque me fez lembrar do fracassado A Névoa (que não tem nada haver com esse filme). Aí fiquei sabendo que era baseado em um conto do mestre Stephen King, então resolvi dar uma chance para o filme.

No começo não achei grande coisa, mas o filme foi melhorando, e melhorando, até chegar no excelente e surpreendente final. Eu simplesmente adorei este filme! Foi um dos melhores filmes de terror/suspense que assisti no ano passado! O mais legal é que eu adoro o filme Silent Hill e muitas cenas e acontecimentos de O Nevoeiro me faziam lembrar Silent Hill. Até que durante o filme lembrei de ter lido no
Wikipedia que a série de jogos Silent Hill teve muitas influências de filmes, contos e livros de terror, e um desses contos foi The Mist de Stephen King. Assim como Silent Hill, a história de The Mist é perturbadora e sombria. O filme inteiro é muito interessante.

As atuações são convincentes e os efeitos especiais são razoáveis. Gostei da história, do clima do filme, do final e gostei mais ainda por não se tratar de mais um remake. Para os que gostam de bons filmes de suspense e de filmes baseados em obras do King, O Nevoeiro certamente não será uma decepção (mesmo não sendo uma das melhores adaptações cinematográficas de uma obra do Stephen King). É lógico que o filme tem algumas falhas, mas analisando todo o conjunto, o resultado me agradou muito.


N
ota (0-10): 9,0

Trailer



(Spoiler)
O que me agradou e o que não me agradou em "O Nevoeiro"

• Como eu já havia dito, teve muitos elementos em O Nevoeiro que me fizeram lembrar Silent Hill (muitas coisas do filme, outras do jogo), percebi que ninguém comentou muito sobre essas semelhanças, mas aí vai:

- obviamente os dois filmes possuem o nevoeiro misterioso. E nos dois não é um simples nevoeiro que surgiu por fenômenos naturais;
- alguns monstros lembram muito os monstros de Silent Hill. Um exemplo é aquele que parece um pterodáctilo no filme The Mist. No primeiro jogo Silent Hill também tinha monstros bem parecidos;
- a sirene. No The Mist toca quando o nevoeiro está se espalhando e no Silent Hill quando a escuridão está chegando;
- nos dois filmes tem alguma fanática religiosa que diz que tudo aquilo está acontecendo por falta de fé;
- essa já pode ser coisa da minha cabeça, mas será que foi por pura coincidência que escolheram Laurie Holden, que interpretou a policial Cybil no filme Silent Hill (2006), para fazer O Nevoeiro? ela é uma ótima atriz, mas existem centenas de outras atrizes por aí e tinha que ser justamente ela? shuashuashua...sei lá, acho que talvez eu já esteja exagerando...ou não. =P

Enfim, se tudo isso não foi motivo o suficiente para você lembrar pelo menos um pouco de Silent Hill, pra mim foi mais que o suficiente. Não estou falando que um copiou o outro. Mas sim que toda a série Silent Hill teve influências do conto The Mist.

• Desde que lançou O Chamado só tem saído remake de filmes asiáticos. E depois de O Grito e O Chamado, quase nenhum outro remake prestou. Também começaram a fazer remakes de filmes dos anos 70 e 80, um atrás do outro. E quando não é remake, é algum filme de tortura ou de assassinos doentios e deformados que esquartejam suas vítimas. Fora os remakes, o resto não é nenhuma novidade. Até os remakes já não são novidades. E The Mist veio na hora certa. Acho que esse foi o maior motivo de eu ter gostado. Não é um remake, não tem assassinos e não tem torturas. É diferente e interessante.

(Não leia essa parte para não estragar o final do filme!)

• Li no Boca do Inferno que o final foi meio forçado, pois todos decidem suicidar. Eu também senti um pouco isso. Mas realmente tem gente que desespera muito rápido. E também acho que a impressão que eles tiveram é que estava tudo perdido, fora do controle do exército, fora do controle de qualquer um. O que eles podiam esperar? Quanto mais tempo eles ficassem no carro, maior seriam as chances de um bicho chegar lá e matar todo mundo. Então acho que por isso a decisão foi tão rápida.

• O que eu não gostei do filme foram alguns efeitos especiais e algumas situações forçadas, das quais não me lembro muito para descrever. Algumas dessas situações me deram muita raiva. ¬¬' Acho que foi só isso que não gostei. O Nevoeiro, apesar de tudo é um filme mais simples. Não tem uma grande trilha sonora, fotografia, etc. Mas é um bom filme, sem dúvidas.


7 comentários:

  1. Eu adoro esse filme... o final é "perfeito", foge dos padrões.

    ResponderExcluir
  2. Da comparação com Silent Hill não posso falar nada, mas senti q o final deste filme fez valer a pena ter assistido. No meio do filme estava achando as coisas meio bizarras, uns efeitos meio sem noção, mas o fim foi relmente inesperada. Gostei, nem tava botando mta fé no filme

    ResponderExcluir
  3. Humm mais um filme que parece ser interessante, pelo jeito tem bastante suspense hehe. Queria ter tempo pra ver mais filmes.

    ResponderExcluir
  4. Muito loco esse filme. Mal vejo a hora de eu conseguir comprar o livro(coisa que era pra ter feito muito tempo atras) pena que seja apenas um "pequeno" conto de umas 100 paginas.

    outros 2 filmes q vi esses dias e recomendo é: "Deixe ela entrar", fui assistir esse filme totalmente as cegas, sem ter a minima ideia do que se trata e embora eu não aguente mais ver filmes e coisas sobre vampiros, achei um filme com uma excelente fotografia e roteiro apesar de um pouco lento, bem interessante

    outro filme q indico (e esse não acredito q a maioria aqui vá gostar) é Pressagio (Knowling) que começa com uma história q parece previsivel - so que aos poucos vai tomando um rumo totalmente diferente até acabar com um final totalmente inesperado.

    gostaria q comentasse sobre algum desses dois filmes no seu blog.

    até

    ResponderExcluir
  5. ///1ch43L.

    Eu tbm gostaria de ler o conto The mist, assim eu poderia escrever bem mais sobre o filme...U.u'

    Ainda não assisti "Deixe ela entrar", mas assisti esses tempos "Presságio". Olha...até que me surpreendeu o filme. É uma história diferente mas ñ é tão absurda. Acho que em breve comentarei sobre ele. Vlw pelas indicações. :D

    Até!

    ResponderExcluir
  6. Aê...Atividade paranormal é de tremer,ficar impressionado,por muito tempo...sobrenatural mesmo...sabe o que assusta?é realmente aquilo que não sê vê...quem já assistiu sabe do que tô falando...

    ResponderExcluir
  7. Eu e meu irmão assistimos o filme várias vezes e sempre adoramos o filme por inteiro! O final realmente não foi "forçado" em minha opinião que, como você disse, algumas pessoas ficam desesperadas muito rápido mas não se esqueça que eles enfrentaram (SPOILERS) - Aranhas que soltam teia acida, Mosquitões que te matam em um seguindo, Pássaros-Pterodáctilos que comem os mosquitões e também provaram da carne humana e etc.- E junte tudo isso com um bando de desesperados e uma louca fanatica e mortes terriveis.

    ResponderExcluir

• Faça pedido de parceria somente na página reservada para isso.

Não aceitamos comentários ofensivos. Se quiser criticar a postagem, critique com educação.

Spams não serão aceitos. Aqui não é lugar para você divulgar seu site, blog ou seja lá o que for.

• Lembre-se de que o Vai Assistindo possui mais de um autor. Portanto, a crítica de cada um deles não expressa a opinião de todos os outros autores. Procure ver logo abaixo do título de cada postagem o nome do autor que a criou.

• As opiniões expressas nos comentários não refletem as dos autores do blog.